Apresentação: Emergências do Contemporâneo

  • Josiclei de Souza Santos
Palavras-chave: Revista Muiraquitã n. 1

Resumo

Pensar o contemporâneo exige uma reflexão que o perceba no plural, e com diferentes articulações agônicas e em constante movimento. Essas relações agônicas e provisórias em que a realidade se apresenta demandam que executemos uma virada epistêmica que transcenda o olhar disciplinar rumo ao pós-disciplinar. A consequência dessa virada para a reflexão em relação à arte e à literatura mais especificamente é que estas passariam a ser percebidas não mais em uma divisão por linguagens em mosaico, e sim em processos contaminantes de translinguagens, ou, para usar uma expressão de Deleuze e Guattari, em processos de arte e pensamento nômades. Tal perspectiva sobre arte e a literatura resultou no presente dossiê em textos que articulam a literatura com a música, com as HQs, dentre outros, em um trabalho de reflexão que toca em diferentes temas importantes da contemporaneidade, como a violência, o erotismo, as Amazônias, e outros mais.

Referências

Muiraquitã: Revista de Letras e Artes, v. 1, n. 1. Marabá: ILLA/Unifesspa, jan./jun. 2022, p. 8.
Publicado
2022-07-10
Visualizações
  • Artigo 7
  • PDF 5