RESULTADOS DE MONITORIA DE CÁLCULO II

  • Jozivan de Oliveira Vilas Boas
  • Jeânderson de Melo

Resumo

Segundo Souza e Gomes (REINPEC, 2015), uma das preocupações constantes dos diretores das instituições de ensino é a evasão de alunos tanto da rede pública quanto da rede privada de ensino. Juntandose a este problema as altas taxas de reprovação, principalmente nas disciplinas de cálculo, tem levado as Instituições de Ensino Superior-IES a buscar estratégias para reduzir estes elevados índices. Baseado neste contexto, adotou-se a prática da monitoria nas IES regularizada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDB Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. A execução desta atividade baseiase em orientações e instruções a alunos por colegas que já tenham cursado a disciplina objeto da monitoria e apresentado bom aproveitamento. Segundo Silveira e Sales (2016), o monitor é um agente a mais com quem os estudantes podem tirar suas dúvidas e com isso melhorar o seu aprendizado. Com isso, a monitoria de Cálculo II, realizada no período de 2017.2, na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará-UNIFESSPA teve por objetivos melhorar os indicadores de ensino aprendizagem; proporcionar condições de permanência e de sucesso dos alunos no processo ensino aprendizagem; contribuir para o envolvimento dos alunos nas atividades de docência, de pesquisa e de extensão; possibilitar a utilização do potencial do aluno assegurando-lhe uma formação profissional qualificada e sua plena inserção nas atividades acadêmicas da Universidade; intensificar e assegurar a cooperação entre professores e estudantes nas atividades e implementar ações do Projeto Pedagógico do Curso de graduação (PPC) e Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-07-31
Visualizações
  • Artigo 70
  • PDF 64
Como Citar
Vilas Boas, J., & de Melo, J. (2019). RESULTADOS DE MONITORIA DE CÁLCULO II. Seminário De Projetos De Ensino (ISSN: 2674-8134), 3(1). Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/spe/article/view/582