ACESSIBILIZAÇÃO DE PEÇA ANATÔMICA PARA AULA PRÁTICA DA DISCIPLINA DE PROCESSOS PSICOLÓGICOS BÁSICOS DE UM ESTUDANTE COM DEFICIÊNCIA VISUAL - 39

  • Lívian Maria da Silva Pinheiro
  • Caio Maximino de Oliveira

Resumo

Alguns dos componentes curriculares da graduação de Psicologia da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) requerem práticas laboratoriais, dessa forma, é necessário que todos tenham acesso aos materiais que serão utilizados em tais ocasiões. No ano de 2019, o curso de Psicologia recebeu um aluno com deficiência visual e foi necessário personalizar uma peça anatômica cerebral para que fosse possível a participação deste estudante na prática laboratorial. Este trabalho tem como objetivo mostrar como ocorreu o processo de acessibilização da peça. Foram utilizados os seguintes materiais: rede plástica (comumente utilizada para transporte de laranjas), esponja de lavar louça (parte verde e parte amarela), folha de papel A4, toalha de pano felpuda, barbante, um pedaço de um tecido chamado malha lamê e cola quente. Esses materiais foram selecionados por sua variedade tátil, o que possibilitou ao aluno diferenciar cada região do cérebro, além do fato de que as texturas não se mostravam incômodas para o estudante. O discente pôde realizar a atividade prática por meio da peça acessibilizada e das orientações dadas pela monitora da disciplina.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-16
Visualizações
  • Artigo 59
  • PDF 23
Como Citar
Pinheiro, L., & Oliveira, C. (2019). ACESSIBILIZAÇÃO DE PEÇA ANATÔMICA PARA AULA PRÁTICA DA DISCIPLINA DE PROCESSOS PSICOLÓGICOS BÁSICOS DE UM ESTUDANTE COM DEFICIÊNCIA VISUAL - 39. Seminário De Projetos De Ensino (ISSN: 2674-8134), 4(1). Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/spe/article/view/947