EVASÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ

  • Bruna do Nascimento Barbosa da Silva
  • Joana Darc Oliveira
  • Lidiane Neves Rodrigues
  • Tarcília dos Santos Pimentel
  • Mayara Barbosa Sindeaux Lima

Resumo

A evasão é uma problemática presente em todos os níveis da educação brasileira. “É um problema que vem preocupando as instituições de ensino em geral, sejam públicas ou particulares, pois a saída de alunos provoca graves consequências sociais, acadêmicas e econômicas” (BAGGI e LOPES, 2010, p. 356). As causas da evasão são variadas, assim como suas consequências, como é possível encontrar nas pesquisas já desenvolvidas sobre este fenômeno, dentre elas: expectativas equivocadas sobre o curso, falta de conhecimentos básicos do Ensino Médio, insucesso acadêmico, pouca perspectiva de inserção no mercado de trabalho (JESUS, 2015; FERREIRA, 2010; LOBO et al, 2012; SLHESSARENKO et al, 2014; VILLAS BÔAS, 2003). Neste sentido, é nítido a necessidade de se compreender o fenômeno da evasão/permanência, especialmente diante da luta pela democratização do Ensino Superior. A ampliação do número de vagas e da criação de novas universidades, faz-se necessária, mas é insuficiente para se garantir o direito à Educação (OLIVEIRA; MORAIS, 2015). Diante disto, é de suma importância investigar este fenômeno na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) a fim de se conhecer os indicadores da evasão nos cursos de graduação e planejar políticas que possam favorecer a permanência do discente no ensino superior. A Unifesspa foi criada em 2013 (Lei 12.824 de 05 de junho de 2013) por desmembramento da Universidade Federal do Pará (UFPA), sendo uma instituição multicampi situada nos municípios de Marabá, Rondon do Pará, São Felix do Xingu, Santana do Araguaia e Xinguara. Este estudo apresenta os resultados parciais de uma pesquisa que está sendo desenvolvida pelo Departamento de Apoio Psicossociopedagógico – DAPSI/Pró-Reitoria de Ensino de Graduação da Unifesspa que visa investigar índices de evasão na universidade, bem como os fatores que contribuíram para a desistência do discente. Este trabalho se propôs a verificar quais são os cursos com maior número de alunos evadidos dos cursos de graduação na instituição no período de 2005 a 2015, considerando especificamente os discentes que ingressaram a partir de 2005. Ressalta-se que em virtude do desmembramento da Unifesspa ter ocorrido em 2014, este estudo contemplou tanto discentes que ingressaram como alunos da UFPA como Unifesspa. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-07-01
Visualizações
  • Artigo 109
  • PDF 101
Como Citar
Silva, B., Oliveira, J., Rodrigues, L., Pimentel, T., & Lima, M. (2019). EVASÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ. Seminário De Projetos De Ensino (ISSN: 2674-8134), 2(1). Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/spe/article/view/613