Diálogo interdisciplinar entre os múltiplos campos do saber: o eixo de Linguagem como foco da formação em Acará-PA

Palavras-chave: Programa Escola da Terra, das Águas e da Floresta da Amazônia Paraense, Formação de Professores, Interdisciplinaridade, Linguagem

Resumo

Neste artigo serão socializadas reflexões acerca das experiências vivenciadas por profissionais da educação, em específico àqueles atuantes no campo, no município do Acará/PA, no eixo de linguagem, por intermédio do Programa Escola da Terra, das Águas e da Floresta da Amazônia Paraense. A referida experiência foi desenvolvida a partir da pesquisa qualitativa, por meio da observação participante. Baseou-se na concepção freireana de educação, cuja reflexão utilizou-se da abordagem interdisciplinar, contextual e relacional, entre os diversos campos do saber.  Portanto, a partir de uma proposta interdisciplinar de ensino, os professores/cursistas comprovaram que é possível relacionar as disciplinas de ciências, matemática, geografia e história, ao mesmo tempo em que o foco estava na área de conhecimento da linguagem. Nessa perspectiva, dialogar com os discursos correlacionados ao contexto escolar do/no campo e multisséries é imprescindível para que o ensino de línguas seja difundido de forma contextualizada e dinâmica, afinal a interrelação entre os sujeitos e as suas múltiplas possibilidades comunicativas dialogam com a realidade circundante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Chimênia Corrreia Pinheiro, Programa Escola da Terra, das Águas e da Floresta da Amazônia Paraense
Especialista em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Professora formadora do Programa Escola da Terra, das Águas e da Floresta da Amazônia Paraense.
Maria Divanete Sousa da Silva, Universidade Federal do Pará (UFPA)
Doutora em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Pedagoga da Escola de Aplicação da UFPA. Integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia (GEPERUAZ).
Silvio Farias Neves, Secretaria Municipal de Educação de Acará-PA
Professor cursista, do Programa Escola da Terra, das Águas e da Floresta da Amazônia Paraense. Docente na Escola Municipal de Ensino Fundamental Coronel Sampaio, situada no município do Acará-PA.

Referências

ANTUNES, I. Muito além da gramática: por um ensino de língua sem pedras no caminho. São Paulo: Parábola Editora, 2007.

ARROYO, M. G. Escola: terra de direito. In: ANTUNES-ROCHA, M. I.; HAGE, S. M. (Org.). Escola de direito: reinventando a escola multisseriada. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, p.09-14.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação – referências – elaboração. Rio de Janeiro, 2002.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação – citações em documentos – apresentação. Rio de Janeiro, 2000.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: informação e documentação – trabalhos acadêmicos – apresentação. Rio de Janeiro, 2011.

CALDART, R. S. O MST e a escola: concepção de educação e matriz formativa. In: CALDART, R. S. et al. (Org.). Caminhos para transformação da escola: reflexões desde práticas da licenciatura em educação do campo. São Paulo: Expressão Popular, 2011, p. 63-83.

FAZENDA, I. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. Campinas: Papirus, 2012.

FAZENDA, I. O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008.

FERNANDES, B. M.; ARROYO, M. G. A educação básica e o movimento social do campo. Brasília: Articulação Nacional por uma educação do campo, 1999. 2 v. (Coleção Por uma educação do campo).

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 22. ed. São Paulo: Cortez, 1988.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 50. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

HAGE, S. M. Transgressão do paradigma da (multi)seriação como referência para a construção da escola pública do campo. Educ. Soc., Campinas, v. 35, n. 129, p. 1165-1182, out./dez. 2014. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/es/v35n129/0101-7330-es-35-129-01165.pdf. Acesso em: 22 jan. 2017.

HARPER, B. et al. Cuidado, escola! São Paulo: Brasiliense, 1980.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago editora, 1976.

LIBÂNEO, J. C. Adeus professor, adeus professora? Novas exigências educacionais e profissões docentes. São Paulo: Cortez, 1998.
Publicado
2021-07-01
Visualizações
  • Artigo 4
  • PDF 10
Como Citar
PINHEIRO, C. C.; SILVA, M. D. S. DA; NEVES, S. F. Diálogo interdisciplinar entre os múltiplos campos do saber: o eixo de Linguagem como foco da formação em Acará-PA. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 3, n. 1, p. 265-276, 1 jul. 2021.