A musicalização infantil e o desenvolvimento social da criança de 0 a 1 ano

  • Maria Beatriz Ribeiro Prandi-Gonçalves Universidade de Ribeirão Preto https://orcid.org/0000-0003-3514-1834
  • Vivian Massullo Silva Universidade de Ribeirão Preto
  • Marilene da Silva Berdum Soares
  • Fabíola Andréa Arruda Fernandes
Palavras-chave: Musicalização, Estimulação Sonora, Desenvolvimento Infantil, Inteligência Musical, Criança

Resumo

Compreender o processo de musicalização e sua importância para o desenvolvimento de 0 a 1 ano é o principal objetivo deste trabalho, que também tem o intuito de mostrar, por meio de revisão de literatura, o valor da música no desenvolvimento social da criança, como um instrumento lúdico e facilitador do processo de aquisição de conhecimentos, instigando sobre suas contribuições para o universo pessoal infantil, como elemento de transposição de barreiras na comunicação. Para tanto, buscamos autores que são referências na área, a saber: Piaget (1970), Jeandot (1996; 1997), Brito (2003), La Taille (2003) e Ilari (2015). Além disso, adotamos como referencial os documentos do Ministério da Educação: Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte (BRASIL, 1998a) e o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (BRASIL, 1998b). Deste modo, verificamos que o estímulo musical na primeira infância tem papel fundamental no desenvolvimento infantil, apresentando resultados, como o aporte da aprendizagem na linguagem oral, o auxílio na interação com outras crianças e adultos a sua volta, como também, momentos de lazer e relaxamento, os quais são fundamentais para um desenvolvimento integral da criança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Beatriz Ribeiro Prandi-Gonçalves, Universidade de Ribeirão Preto
Doutora em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Processos Culturais e Subjetivação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP/USP, 2020). Mestra em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Educação pela FFCLRP/USP (2015). Especialista em Artes Visuais, Intermeios e Educação pelo Instituto de Artes da Universidade de Campinas (UNICAMP, 2013). Bacharela em Biblioteconomia, Ciências da Informação e da Documentação pela FFCLRP/USP (2011) e Pedagoga pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP, 2020). Atua como docente do curso de Pedagogia e com suporte às disciplinas e cursos a distância da UNAERP.
Vivian Massullo Silva, Universidade de Ribeirão Preto
Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Mestra em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Possui Pós-Graduação lato sensu pela USP em Ética, Valores e Cidadania na escola. Graduada em Pedagogia. Atualmente é Coordenadora Pedagógica do Colégio Tecnológico da Universidade de Ribeirão Preto e docente pela mesma universidade nos cursos de graduação. Membro do Colegiado de Curso de Pedagogia UNAERP. Também possui experiência na área de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. 

Referências

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. v. 1. Brasília: MEC/SEF, 1998b.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Arte. Brasília, 1998a.

BRITO, Teca Alencar. Música na educação infantil: propostas para a formação integral da criança. São Paulo: Petrópolis, 2003.

FERES, Josette Silveira Mello. Iniciação musical. Brincando, criando e aprendendo. Jundiaí: Ricordi Brasileira S/A, 1989.

FONTERRADA, Marisa Trench de Oliveira. De tramas e fios: um ensaio sobre música e educação. 2. ed. São Paulo: Unesp, 2008.

GARDNER, Howard. Estruturas da Mente - A teoria das inteligências múltiplas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

GUERRA, Aurilene Siqueira. Funções cognitivas na hidrocefalia congênita associada à mielomeningocele lombar na criança. 2006. 68f. Dissertação (Mestrado em Neuropsiquiatria e Ciência do Comportamento) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/8556/1/arquivo8621_1.pdf. Acesso em 30 jun. 2018.

ILARI, Beatriz Senoi. Música na Infância e na Adolescência: um livro para pais, professores e aficionados. 3.ed. Curitiba: Editora Intersaberes, 2015.

JEANDOT, Nicole. A Musicoterapia e a expressão corporal na educação infantil. Rev. Bras. Musicoterapia, ano I, n. 2, p. 37-42, 1996. Disponível em: http://www.revistademusicoterapia.mus.br/wp-content/uploads/2016/12/11-A-Musicoterapia-e-express%C3%A3o-corporal-na-educa%C3%A7%C3%A3oo-infantil.pdf. Acesso em: 30 jun. 2018.

JEANDOT, Nicole. Explorando o universo da música. São Paulo, 1997.

LA TAILLE, Yves. Prefácio. In: PIAGET, Jean. A construção do real na criança. 3. ed. São Paulo: Editora Ática, 2003.

PIAGET, Jean. A Construção do real na criança. Rio de Janeiro: Zahar, 1970.

SWANWICK, Keith. Ensinando música musicalmente. São Paulo: Moderna, 2003.
Publicado
2020-12-26
Visualizações
  • Artigo 86
  • PDF 69
Como Citar
PRANDI-GONÇALVES, M. B.; SILVA, V.; SOARES, M.; FERNANDES, F. A musicalização infantil e o desenvolvimento social da criança de 0 a 1 ano. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 2, n. 2, p. 273-282, 26 dez. 2020.
Seção
Artigos Científicos