O ciclo formativo no âmbito do Programa Novo Mais Educação: a experiência na cidade de Amélia Rodrigues-BA

Palavras-chave: Programa Novo Mais Educação, Formação, Ensino

Resumo

Este relato tem por objetivo mostrar o percurso formativo do Programa Novo Mais Educação - PNME 2017/2018 na cidade de Amélia Rodrigues, na Bahia. O PNME foi um importante fomento na inserção da Educação Integral no nosso Munícipio. Ações de cunho sócio pedagógico estimulam a formação de estudantes mais críticos e conscientes; entretanto nem sempre é possível constituir um corpo docente para o programa que atenda as reais demandas solicitadas, por vezes os profissionais não sabem planejar ou não conseguem adequar às práticas realizadas às necessidades pedagógicas estabelecidas nos projetos anuais das unidades, que são elaborados a partir dos Projetos Políticos Pedagógicos das mesmas. Os Ciclos formativos do Programa Nacional da Alfabetização na Idade Certa - PNAIC dão um importante passo para a elevação dos níveis de conhecimento dos voluntários do programa, auxiliando-nos no entrelaçar dos conhecimentos empíricos e científicos. As linhas teóricas que auxiliaram nesse estudo foram: FREIRE (1997), BRASIL (2006) e FRADE (2007). Este estudo apresenta uma abordagem qualitativa e nele percebemos a importância das etapas formativas do programa na cidade de Amélia Rodrigues, na Bahia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANTUNES, Irandé. Aula de Português: encontro e interação. São Paulo: Parabóla Editorial, 2003.

BRASIL. Ministério da Educação. Orientações Curriculares Nacionais: Matemática- Ensino Médio. Brasília: MEC/SEF, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_02_internet.pdf. Acesso em: 10 de ago. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: Português- Ensino Médio. Brasília: MEC/SEF, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_01_internet.pdf. Acesso em: 10 de ago de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Documento Orientador – PNAIC. Brasília. 2017. Disponívl em: http://portal.mec.gov.br/docman/outubro-2016-pdf/49131-port-1144mais-educ-pdf/file. Acesso em: 10 de ago de 2020.

CARVALHO, Luís Miguel. [com Estela Costa]. Production of OECD’s ‘Programme for International Student Assessment. Knowandpol Orientation 3 – Supra-national Instruments – WP 11 Report (Education). Apr. 2009. Disponível em: www.knowandpol.eu/ CARVALHO, Luís Miguel; AFONSO, N.;

FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva. Métodos de alfabetização, métodos de ensino e conteúdos da alfabetização: perspectivas históricas e desafios atuais. Educação. Santa Maria, v. 32, n. 01, p. 21-40, 2007. pp. 21-40. Disponível em: http://www.ufsm.br/ce/revista>. Acesso em: 15 de jun de 2020.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. São Paulo: Cortez Editora/ Autores Associados. 1º edição, 1991.

FREIRE. Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

MORTATTI, Maria do Rosário Longo. Os sentidos da alfabetização (São Paulo: 1876-1994). São Paulo: Ed. UNESP; CONPED, 2000.

SANTANA, Eurivalda Ribeiro dos Santos. Adição e subtração: o suporte didático influencia a aprendizagem do estudante? Ilhéus, BA: Editus, 2012, p. 235.
Publicado
2020-12-31
Visualizações
  • Artigo 30
  • PDF 51
Como Citar
OLIVEIRA, J.; SANTOS, M. O ciclo formativo no âmbito do Programa Novo Mais Educação: a experiência na cidade de Amélia Rodrigues-BA. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 2, n. 2, p. 388-398, 31 dez. 2020.
Seção
Relatos de Experiência