Estágio em comunidades quilombolas de Bonito-BA na Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Agrárias da UFRB

Palavras-chave: Estágio, Educação do Campo, Ciências Agrárias, Educação não escolar, Comunidades QUilombolas

Resumo

Sistematiza e reflete o Estágio Curricular Supervisionado II, realizado no curso de Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Agrárias do Centro de Formação de Professores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e que foi desenvolvido por quatro estudantes em espaços não escolares vinculados à duas Comunidades Remanescentes de Quilombos do município de Bonito, na Chapada Diamantina, Bahia. As atividades foram efetivadas por meio da vivência e da coparticipação que possibilitou a elaboração do diagnóstico territorial e da intervenção concretizada em duas oficinas pedagógicas. Essas ações tiveram por objetivos produzir um levantamento de dados sobre as Comunidades Remanescentes de Quilombo Varame e Gitirana e debater sobre 1) Produção Agroecológica e Produção Orgânica e 2) Alimentação Saudável e Soberania Alimentar com os sujeitos que integram as mesmas. Por meio de diálogos foram elaborados os diagnósticos territoriais das duas comunidades. Para concretização das oficinas foram consideradas as ferramentas do Diagnóstico Rural Participativo e a produção de insumos naturais. A partir da experiência vivenciada reafirmou-se a importância do estágio para a formação do/a educador/a do campo além da compreensão desse momento como campo de conhecimento e de pesquisa que permite analisar e refletir sobre as relações que constituem as comunidades do campo, bem como a pertinência da Educação do Campo e das Ciências Agrárias nesse contexto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alex Verdério, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Licenciado em Pedagogia para Educadores do Campo e Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Especialista em Trabalho, Educação e Movimentos Sociais pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV). Doutor em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Docente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, no Centro de Formação de Professores, em Amargosa – BA, com atuação no curso de Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Agrárias e no curso de Tecnologia em Agroecologia. Pesquisador do Grupo de Pesquisa em Educação do Campo, Agroecologia e Movimentos Sociais (GECA-UFRB).
Janaine Zdebski da Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Formada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Campus de Cascavel. Mestre em Educação pela Unioeste – Cascavel. Doutora em Sociedade, Cultura e Fronteiras pela Unioeste – Campus de Foz do Iguaçu. Docente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, no Centro de Formação de Professores, em Amargosa/BA. Atua no Curso de Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Agrárias.
Zenilda Lima Pereira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Licencianda em Educação do Campo: Ciências Agrárias no Centro de Formação de Professores (CFP) da Universidade Federal do Reconcavo da Bahia (UFRB).
Kelly Santos de Assis, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Licencianda em Educação do Campo: Ciências Agrárias no Centro de Formação de Professores (CFP) da Universidade Federal do Reconcavo da Bahia (UFRB).
Tainara Fonseca Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Licencianda em Educação do Campo: Ciências Agrárias no Centro de Formação de Professores (CFP) da Universidade Federal do Reconcavo da Bahia (UFRB).
Karina de Oliveira Melo, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Licencianda em Educação do Campo: Ciências Agrárias no Centro de Formação de Professores (CFP) da Universidade Federal do Reconcavo da Bahia (UFRB).

Referências

ARROYO, Miguel Gonzalez. Formação de educadores do campo. In: CALDART, Roseli Salete; PEREIRA, Isabel Brasil; ALENTEJANO, Paulo; FRIGOTTO, Gaudêncio (Orgs.). Dicionário da Educação do Campo. 2. ed. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012.

BAHIA, SEPLAN – Secretaria de Planejamento. Território de Identidade. Disponível em: http://www.seplan.ba.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=17. Acesso em: 07 ago. 2020.

CALDART, Roseli Salete. Sobre Educação do Campo. Educação do Campo: reflexões a parir da tríade Produção – Cidadania – Pesquisa. In: SANTOS, Clarice Aparecida dos (0rg.). Por uma Educação do Campo: Campo – Políticas Públicas – Educação. Brasília: INCRA; MDA, 2008. (Coleção Por uma Educação do Campo nº 7).

CANDAU, Vera Maria. Educação em Direitos Humanos: Uma Proposta de Trabalho. Oficinas Aprendendo e Ensinando Direitos Humanos. Novameria/PUC-Rio, 1999. Disponível em: http://www.dhnet.org.br/direitos/militantes/veracandau/candau_edh_proposta_trabalho.pdf. Acesso em 07 jun. 2020.

CANUTO, Antônio; LUZ, Cássia Regina da Silva; ANDRADE, Thiago Valentin Pinto (orgs.). Conflitos no Campo – Brasil 2017. Goiânia: CPT Nacional – Brasil, 2017.

CECANE/UFOP – Centros Colaboradores em Alimentação e Nutrição do Escolar da Universidade Federal de Ouro Preto. Agroecologia. 2012. Disponível em: http://aao.org.br/aao/pdfs/publicacoes/cartilha-agroecologia-CECANE-UFOP.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.

CTCD – Colegiado Territorial da Chapada Diamantina. Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário do Território Chapada Diamantina. 2016. Disponível em: http://www.seplan.ba.gov.br/arquivos/File/politica-territorial/PUBLICACOES_TERRITORIAIS/Planos-Territoriais-de-Desenvolvimento-Sustentavel-PTDS/2018/PTDRSS_2016_Chapada_Diamantina_Final.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.

ELY, Helena Bins. Estratégias Metodológicas. In: CAMP – Centro de Assessoria Multiprofissional. Cartilha Educação Popular e Economia Solidária. Porto Alegre: CAMP, julho de 2017. Disponível em: http://camp.org.br/files/2017/11/Cartilha-Educa%C3%A7%C3%A3o-Popular-e-EcoSol-CFES-Sul.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.

GOMES, Flávio dos Santos. Mocambos e quilombos: Uma história do campesinato negro no Brasil. 1ª. Ed. – São Paulo: Claro Enigma, 2015. (Coleção Agenda brasileira).

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Bonito, Bahia, Brasil. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/bonito/panorama. Acesso em: 07 jun. 2020.

MEDAETS, Jean Pierre. Produção orgânica: regulamentação nacional e internacional. – Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário: NEAD, 2005. Disponível em: http://livros01.livrosgratis.com.br/md000012.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.

MOREIRA, Rodrigo Machado; STAMATO, Beatriz. A Cartilha Agroecológica. Botucatu, SP: Instituto Giramundo Mutuando, Editora Criação, 2005. Disponível em: https://www.fca.unesp.br/Home/Extensao/GrupoTimbo/CartilhaAgroecologica.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.

MOURA, Eliana Perez Gonçalves de; ZUCCHETTI, Dinora Tereza. Educação Além da Escola: Acolhida a outros saberes. In: Cadernos de Pesquisa, v. 40, p. 629-648, maio/ago. 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v40n140/a1640140.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.

RECINE, Elisabetta; RADAELLI, Patrícia. Alimentação Saudável. S/D. Disponível em: http://www.turminha.mpf.mp.br/publicacoes-e-documentos-para-links/Alimentacaosaudavel.pdf/view. Acesso em: 07 jun. 2020.

STEDILE, João Pedro; CARVALHO, Horácio Martins de. Soberania Alimentar. In: CALDART, Roseli Salete; PEREIRA, Isabel Brasil; ALENTEJANO, Paulo; FRIGOTTO, Gaudêncio (orgs.). Dicionário da Educação do Campo. 2ª. Ed. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012.

UFRB – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Regulamento de Estágio Supervisionado da Licenciatura em Educação do Campo – Área de Ciências Agrárias. Amargosa – BA: UFRB-CFP, 2019.

VARGAS, Maria Cristina; SILVA, Nivia Regina da (orgs.). De onde vem nossa comida. 2ª Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2016.

VERDEJO, Miguel Expósito. Diagnóstico Rural Participativo: guia prático DRP. – Brasília: MDA/Secretaria da Agricultura Familiar, 2006. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4616813/mod_resource/intro/pageflip-2583697-3759191-DRP_-_Guia_prtico-2649689.pdf. Acesso em: 07 jun. 2020.
Publicado
2021-07-01
Visualizações
  • Artigo 27
  • PDF 54
Como Citar
VERDÉRIO, A.; SILVA, J. Z. DA; PEREIRA, Z. L.; ASSIS, K. S. DE; SILVA, T. F.; MELO, K. DE O. Estágio em comunidades quilombolas de Bonito-BA na Licenciatura em Educação do Campo – Ciências Agrárias da UFRB. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 3, n. 1, p. 277-293, 1 jul. 2021.