As consciências sociológicas de professores polivalentes na Educação Matemática

Palavras-chave: Formação Docente, Educação Matemática, Consciência Prática, Consciência Discursiva, Anos Iniciais

Resumo

A prática pedagógica do professor polivalente caracteriza-se por uma gama de procedimentos e movimentos epistemológicos. Diante da multiplicidade de conceitos e saberes que devem ser mobilizados, o professor polivalente vê-se diante de escolhas metodológicas nem sempre muito fáceis. Em se tratando da Educação Matemática, o polivalente desenvolve seu trabalho pedagógico em situações que, muitas vezes e conforme a literatura atual, ele próprio não compreende muito bem. Neste sentido, justifica-se o estudo dos processos e escolhas metodológicas mobilizados pelo professor polivalente na Educação Matemática. Desta forma buscamos, com este artigo, apresentar um estudo sistemático acerca dos níveis de consciência sociológica que o professor polivalente mobiliza diante de suas escolhas procedimentais para o ensino. Para tal, utilizamo-nos das definições de consciência prática e discursiva propostas pela teoria estruturalista, bem como da análise discursiva, para encontrarmos, por meio das superfícies discursivas enunciadas, aspectos que orientam a identificação deste nível de consciência. Os dados apresentados foram coletados durante a realização de um curso de formação continuada, por meio de uma entrevista semiaberta com um dos professores participantes. Como resultados, pudemos identificar que as escolhas metodológicas do professor entrevistado mobilizaram, através de operadores metodológicos, as consciências prática e discursiva, cotejando com a hipótese inicial proposta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Mometti, FEUSP
Doutorando em Ensino de Ciências no Programa de Pós-Graduação Interunidades da Faculdade de Educação e Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), São Paulo e Concordia University, Canadá. Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da USP. Membro do Núcleo de Pesquisa em Inovações Curriculares da Faculdade de Educação da USP (NUPIC) e Decolonizing Light: Tracing and countering colonialism in physics group (Concordia University).

Referências

ARONOWITZ, S.; GIROUX, H. A. Postmodern education: politics, culture and social criticism. 1 ed. Minnesota: University of Minnesota Press, 1991.

ALVESSON, M; SKOLDBERG, K. Reflexive Methodology: new vistas for qualitative research. Londres: Sage publications, 2009.

BENEDICT, R. Padrões de Cultura. Trad. Ricardo Rosenbusch. São Paulo: Vozes, 2013.

BOAS, F. Antropologia cultural. Org. Celso Castro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n° 466 de 12 de dezembro de 2012. Disponível em https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html. Acesso em: 20 jan. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n° 510 de 7 de abril de 2016. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2016/res0510_07_04_2016.html. Acesso em: 21 jan. 2021.

CARVALHO, A. M. P.; GIL PEREZ, D. O saber e o saber fazer do professor. In: CASTRO, A. D.; CARVALHO, A. M. P. (Org.). Ensinar a Ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Editora Thompson Learning, 2001.

FREUD, S. Opere 1915 – 1917: Introduzione alla psicoannalisi e altri scritti. Vol. 8. Torino: Bollati Boringhieri, 1978.

GATTI, B.; NUNES, M. M. R. Formação de professores para o ensino fundamental: estudo de currículos das licenciaturas em Pedagogia. São Paulo: Fundação Carlos Chagas – Pesquisas Educacionais, 2009.

GIDDENS, A. As consequências da modernidade. Tradução de Raul Fiker. São Paulo: Editora UNESP, 1991.

GIDDENS, A. A constituição da sociedade. Tradução Álvaro Cabral. São Paulo: Martins Fontes, 2013.

JULIO, R.; SILVA, G. H. G. S. Compreendendo a Formação Matemática de Futuros Pedagogos por meio de Narrativas. Bolema, v.32, n.62, p.1012-1029, 2018.

MOMETTI, C. Construindo experiências em um curso de formação de professores dos anos iniciais: o ensino da matemática em foco. In: CONGRESSO INTERNACIONAL EDUCAT, 1., 2019. Recife: UFPE. Anais [...]. Recife: UFPE, 2019. p. 282 – 291. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/17Y2Qkw1J827D3Sbw9-etxSjtqnNUyDCX/view. Acesso em: 20 jan. 2021.

MOMETTI, C. Estudo da Prática Docente no Ensino de Física. Mauritius: Novas Edições Acadêmicas, 2020a.

MOMETTI, C. Experiência de formação continuada para polivalentes: o sistema de numeração decimal na prática pedagógica. In: ENCONTRO PAULISTA DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 14., 2020. São Paulo: SBEM. Anais [...]. São Paulo: SBEM, 2020b. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1EeTFJIySPBODpZoYDH1pOC07iyYuGu9X/view. Acesso em: 20 de jan. 2021.

MOMETTI, C. A escola digital: repensando a prática pedagógica na Educação Matemática. In: ENCONTRO BRASILIENSE DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 8., 2020. Brasília: SBEM. Anais [...]. Brasília: SBEM, 2020c. Disponível em: www.even3.com.br/Anais/viiiebrem/283124-A-ESCOLA-DIGITAL--REPENSANDO-A-PRATICA-PEDAGOGICA-NA-EDUCACAO-MATEMATICA. Acesso em: 20 jan. 2021.

MOMETTI, C. Novos tempos exigem novas posturas: o papel do professor na educação 4.0. In: CIET: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS - ENCONTRO DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, 2020. São Carlos-SP. Anais [...]. São Carlos-SP, 2020. Disponível em: https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1789. Acesso em: 08 mar. 2021.

MOMETTI, C. O saber necessário à prática docente na humanidade digital. Revista de Educação Matemática, v. 18, p. e021010, 24 fev. 2021. Disponível em: https://www.revistasbemsp.com.br/REMat-SP/article/view/482. Acesso em: 24 fev. 2021.

ORTEGA, E. M. V; SANTOS, V. M. A relação dos alunos do curso de pedagogia com o conhecimento matemático e seu ensino: um estudo longitudinal. Revista Holos, v. 2, ano 32, p. 207-224, 2018. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/issue/view/140. Acesso em: 12 dez. 2020.

PÊCHEUX, M. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 5 ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2014.

PÊCHEUX, M. Análise do discurso. 4 ed. Campinas: Pontes Editores, 2015.

SAUSSURE, F. Curso de Lingüística geral. São Paulo: Cultrix/Edusp, 1969.

SELLIZ, C; WHRIGHTSMAN, L; COOK, S. W. Métodos de pesquisas nas relações sociais. São Paulo: EPU, 1987.

SEWELL Jr., W. H. Logics of history: social theory and social transformation. Chicago: Chicago University Press, 2005.
Publicado
2021-07-01
Visualizações
  • Artigo 47
  • PDF 22
Como Citar
MOMETTI, C. As consciências sociológicas de professores polivalentes na Educação Matemática. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 3, n. 1, p. 148-264, 1 jul. 2021.