Cultura: concepções sob a vertente etnográfica nas teses de Etnomatemática

  • Claudia de Jesus Meira UFF
  • Maria Cecilia de Castello Branco Fantinato UFF
Palavras-chave: Cultura, Etnografia, Etnomatemática, Estado da Arte

Resumo

Este texto tem como objetivo apresentar a pesquisa de nível doutoral, com abordagem qualitativa e de caráter bibliográfico como um Estado da Arte. O objetivo principal da pesquisa foi analisar as concepções de cultura presentes nas teses de etnomatemática concebidas sob as vertentes da etnografia e defendidas nos Programas de Pós-Graduação Brasil, no período de 1992 e 2019. A coleta do material empírico foi realizada no Catálogo de Teses da CAPES. O levamento das teses, a delimitação da pesquisa física e temporal, os níveis do estudo foram baseados nas elaborações teórico-metodológicos de autores envolvidos em estudos bibliográficos e estado da arte e para a análise do material utilizamos a Análise de Conteúdo. Teoricamente dialogamos com referenciais do campo da Antropologia, Etnografia e Cultura. Nas teses selecionadas que atendiam nosso recorte, buscamos relacionar as possíveis concepções/noções do termo cultura com a concepção de etnomatemática assumida pelo autor da tese e identificamos uma carência de uma revisão teórica no campo antropológico sobre as concepções de cultura assumida por seus autores. Concluímos afirmando que nossa pesquisa pode contribuir para área diretamente nas bases conceptivas da própria etnomatemática devido suas intrínsecas relações com o tema. Destacamos que é o início de um debate, que assim como cultura é dinâmico e diverso, demandado dentro da própria área e que pode ser considerado mais uma contribuição para legitimação da etnomatemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALANGUI, W. Stone walls and water flows: Interrogating Cultural Practice and Mathematics. 2010. Tese de Doutorado de Filosofia da Educação Matemática. University of Auckland, Auckland: 2010.

BARROS, Osvaldo dos Santos. Objetiva(ação) da medida e contagem do tempo em práticas socioculturais e educativas. 2010. 165 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

BARTON, B. Dando sentido à etnomatemática: etnomatemática fazendo sentido. In: RIBEIRO, J.P.M.; DOMITE, M.C.S.; FERREIRA, R. (Orgs.). Etnomatemática: papel, valor e significado. Porto Alegre: Zouk, 2006, p. 39-74.

BAUMAN, Z. Ensaios sobre o conceito de cultura. Tradução: Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

CERTEAU, M. A Cultura no Plural. 5°. ed. São Paulo: Papirus. 2008.

D´AMBROSIO, U. Etnomatemática: elo entre tradições e modernidade. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.

D’AMBRÓSIO, U. Etnomatemática: arte ou técnica de explicar ou conhecer. 5. ed. São Paulo: Ática, 1998. 88 p. (Série Fundamentos).

D’AMBROSIO, U. Etnomatemática e história da matemática. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ETNOMATEMÁTICA, 3., 2008, Niterói. Anais [...]. Niterói: UFF, 2008. 1 CD-ROM

DOMITE, M.C. Etnomatemática e formação de professores: no meio do caminho (da sala de aula) há impasses. Cuadernos de Investigación y Formación em Educación Matemática, Costa Rica, n. 10. 109-121. 2012.

FANTINATO, M. C. C. B. Identidade e Sobrevivência no Morro do São Carlos: representações quantitativas e espaciais entre jovens e adultos. 2003. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

FANTINATO, M. C.; LEITE, K. G. Indigenous mathematical knowledge and practices: state of the art of the ethnomathematics brazilian congresses (2000-2016).

FERREIRA, E. S. Por uma Teoria da Etnomatemática. Bolema, Rio Claro, n. 7, p. 30-35, 1991.

FREITAS, A. V.; PALANCH, W. B. L. Estado da arte como metodologia de trabalho científico na área de educação matemática: possibilidades e limitações. Perspectivas da Educação Matemática, Mato Grosso, v. 8, n. 18, 784-802, 2015. Disponível em: http://seer.ufms.br/index.php/pedmat/article/view/867/983. Acesso em: 09 agosto 2016.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em Educação Matemática: percursos teóricos e metodológicos. 2 ed. Campinas: Autores Associados, 2007.

GEERTZ, C. A Interpretação das Culturas. 1°. ed.13°. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2008.

GERDES, P. Desenhos tradicionais na areia em Angola e seus possíveis usos na aula de matemática. Bolema, Rio Claro, Especial, 1, 51-77. 1989.

GERDES, P. Etnomatemática e Educação Matemática: Uma panorâmica geral, Quadrante, Lisboa, 5(2), 105-138, 1996.

KNIJNIK, G. Exclusão e resistência: Educação matemática e legitimidade cultural. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

LARAIA, R. B. Cultura: um conceito antropológico. 24. ed. Rio de Janeiro: Zahar. 2009.

MEGID NETO, J. Pesquisa em Ensino de Física do 2o. grau no Brasil: Concepção e tratamento de problemas em teses e dissertações. 1990. 283 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1990.

MEIRA, C.J. As concepções de cultura nas teses de etnomatemática: uma presença ausente. 2021. 145 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2021. (prelo).

MIARKA, R. Etnomatemática: do ôntico ao ontológico. 2011. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2011.

PICHETH, F. M. PeArte: um ambiente colaborativo para a formação do pesquisador que atua no ensino superior por meio da participação em pesquisas do tipo estado da arte. 2007. 139 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2007.

RIBEIRO, S. R. Etnomatemática: opções metodológicas para a pesquisa de campo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ETNOMATEMÁTICA. 2, 2004. Natal, RN. Anais [...]. Natal, 2004. p. 60-75.

VANDENDRIESSCHE, E.; PETIT, C. 2017. Des prémices d’une anthropologie des pratiques mathématiques à la constitution d’un nouveau champ disciplinaire: l’ethnomathématique. Revue d'histoire des sciences humaines- RHSH 31, p.189-219.
Publicado
2022-12-30
Visualizações
  • Artigo 34
  • PDF 51
Como Citar
MEIRA, C. DE J.; FANTINATO, M. C. DE C. Cultura: concepções sob a vertente etnográfica nas teses de Etnomatemática. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 4, n. 2, p. 44-56, 30 dez. 2022.