Os irmãos de Hermes Trismegisto: crítica à permanência da perspectiva antropocêntrica na construção do conhecimento das Ciências

  • Tiago Azevedo Pereira UFSM - Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: Antropocentrismo, Educação, Perspectiva, Hermes, Conhecimento

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar críticas e reflexões sobre o mantimento do discurso antropocêntrico nas diferentes esferas de produção do conhecimento dentro da sociedade ocidental predominante atualmente, dentro de instituições como a família, a escola, congregações religiosas etc., dando ênfase ao desenvolvimento das ciências, o saber construído e os efeitos determinantes para a formação dos sujeitos refletindo o caráter equivocado da perspectiva em questão e do tratamento fundamentado em tal que atribui-se ao entorno. Para o desenrolar da seção de discussão aqui apresentada fez-se uso de conceitos de diferentes projeções do conhecimento encontrado até os dias de hoje, de Dawkins (2007) a Freire (2022), de Bernard (1979) a Ramos (2008) e Piaget (1998). Elaborou-se, também, uma breve reinterpretação da imagem de Hermes Trismegisto, símbolo matriz para a filosofia hermética, a fim de ser apresentada uma proposta de intervenção sobre o antropocentrismo e seus efeitos a partir de movimentações culturais radicais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU, Ivy de Souza; BUSSINGUER, Elda Coelho de Azevedo. Antropocentrismo, ecocentrismo e holismo: uma breve análise das escolas de pensamento ambiental. Revista Derecho y Cambio Social, Lima. v. 34, p. 1-11, 2013. Disponível em: https://www.derechoycambiosocial.com/revista034/escolas_de_pensamento_ambiental.pdf

BERNARD, John; LEWIS, Kenneth R. Hierarquia cromossômica: introdução à biologia dos cromossomos. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1979.

DAWKINS, Richard. O gene egoísta. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. 72. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2022.

FREUD, Sigmund. Além do princípio de prazer. Porto Alegre: L&PM, 2019.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HANEGRAAFF, Wouter Jacobus. Esotericism and the Academy: Rejected Knowledge in Western Culture. Cambridge: Cambridge University Press, 2012.

LE PLONGEON, Augustus. Queen Móo and the Egyptian sphinx. New York: o autor, 1900.

MAUÉS, Ely; MALINE, Carla; SÁ, Eliane Ferreira de. O zoológico como questão sociocientífica: relato de uma experiência no curso de Pedagogia. Revista Interdisciplinar Sulear, [S. l.], n. 3, 2019. Disponível em: https://revista.uemg.br/index.php/sulear/article/view/4322. Acesso em: 28 fev. 2023.

MENESTRINA, Tatiana Comiotto; SAADE, Wesley; GELAMO, Mayara Reinert; LEONARDO, Pamela Paola. Análise piagetiana do desenvolvimento cognitivo: experiências com crianças do ensino fundamental. In: Revista Dynamis. FURB, Blumenau, v. 20, n. 1, p.54–73, 2014.

NEVES, Amanda; BÜNDCHEN, Márcia; LISBOA, Cassiano Pamplona. Cegueira botânica: é possível superá-la a partir da Educação? Ciência & Educação, Bauru, v. 25, n. 3, jul. 2019.

PIAGET, Jean. Seis estudos de psicologia. São Paulo: Editora Forense, 1998.
RAMOS, Danielle Marques dos; NASCIMENTO, Virgílio Gomes do. A família como instituição moderna. Fractal: Revista de Psicologia, v. 20 – n. 2, p. 461-472, jul./dez. 2008.

SCHOPENHAUER, Arthur. Parerga and Paralipomena. Tradução para o inglês de E.F.J. Payne. Oxford: Oxford University Press, 1974. (tradução do trecho para o português feita por Fernando Olszewski)

SILVA, Gabriel Valladão. No limite da ciência: algumas considerações sobre a morfologia a partir da perspectiva da teoria da ciência de Schopenhauer. Voluntas: Revista Internacional de Filosofia, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 02–37, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/voluntas/article/view/33960. Acesso em: 14 mar. 2023.

SILVA, Daniel Moreira da; RANGEL, Tauã Lima Verdan. Neoconstitucionalismo latino-americano e o fortalecimento do discurso ecocêntrico: a experiência equatoriana e boliviana de reconhecimento dos direitos da natureza (Pacha Mama e Madre Tierra). Captura Críptica: direito, política, atualidade, Florianópolis, v. 5, n. 1, p. 199–225, 2017. Disponível em: https://ojs.sites.ufsc.br/index.php/capturacriptica/article/view/3477. Acesso em: 28 fev. 2023.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. 1° ed. São Paulo: Martin Claret, 2013.
Publicado
2023-10-13
Visualizações
  • Artigo 49
  • PDF 30
Como Citar
PEREIRA, T. Os irmãos de Hermes Trismegisto: crítica à permanência da perspectiva antropocêntrica na construção do conhecimento das Ciências. ReDiPE: Revista Diálogos e Perspectivas em Educação, v. 5, n. 1, p. 161-172, 13 out. 2023.