O TRABALHO ANÁLOGO À ESCRAVIDÃO NA REGIÃO AMAZÔNICA: UMA REFLEXÃO A PARTIR DO ROMANCE TORTO ARADO E DO FILME PUREZA

  • Franklin Yago de Souza Hipólito
  • Abílio Pacheco de Souza

Resumo

Este trabalho tem por objetivo realizar um estudo da situação de trabalho análogo à escravidão na região amazônica, mais especificamente na Amazônia Oriental, a partir do romance Torto Arado, de Itamar Vieira Jr e do filme Pureza, de Renato Barbieri. Para isso, será feita uma análise comparativa dessas obras a fim de demonstrar, por meio da Literatura e do Cinema, como se dão os processos de escravização do corpo humano, sobretudo do corpo negro. Tal proposta surgiu como resultado da monitoria na disciplina Literatura Brasileira III, onde obras de escritores da Amazônia ganharam destaque e proporcionaram reflexões e debates acerca da realidade do povo amazônida, no que diz respeito às mais diversas formas de desigualdades, dentre as quais a desigualdade étnico-racial. Nossa fundamentação teórica se deu a partir Bosi (1996), Pinheiro (2021) e Padilha e Quadros (2015).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-12-01
Visualizações
  • Artigo 33
  • PDF 25
Como Citar
Hipólito, F., & Souza, A. (2022). O TRABALHO ANÁLOGO À ESCRAVIDÃO NA REGIÃO AMAZÔNICA: UMA REFLEXÃO A PARTIR DO ROMANCE TORTO ARADO E DO FILME PUREZA. Seminário De Projetos De Ensino (ISSN: 2674-8134), 6(1). Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/spe/article/view/2012