Chamada de Artigos para Dossiê Temático: Trabalho Escravo Contemporâneo: discussões acadêmicas e políticas públicas no século XXI

2023-01-24

De acordo com os dados da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho, entre 1995 e 2022, quase 60 mil pessoas foram resgatadas em diferentes regiões brasileiras do trabalho análogo à escravidão na área rural e urbana, a maioria de sexo masculino, cor preta ou parda e com baixa escolaridade. Nos trabalhos rurais, foram resgatadas pessoas envolvidas em atividades de pecuária, agricultura e carvoaria. As atividades urbanas se relacionavam a exploração sexual, produção de roupa, construção civil, telefonia, comércio, trabalho doméstico e em áreas que envolvem tecnologias mais sofisticadas. Ao mesmo tempo, têm crescido, no espaço acadêmico, estudos sobre o fenômeno da escravização de pessoas no Brasil e no exterior.

Assim, visando a ampliar o debate acadêmico sobre o tema e as políticas públicas de enfrentamento ao crime no século XXI, a Revista Escritas do Tempo abre espaço para a submissão de artigos e resenhas em diferentes áreas do conhecimento.