Religiosidade, cultura material e arte: para o estudo dos ex-votos portugueses da Época Moderna ao presente

Palavras-chave: Ex-votos, milagres, religiosidade, cultura material, Portugal

Resumo

O texto tem como principal objetivo chamar a atenção para o potencial dos ex-votos enquanto fontes para o estudo da cultura material e da religiosidade. Por outro lado, pretende-se igualmente alertar para as diferenças entre os ex-votos do passado e os da atualidade, tendo em perspetiva novos entendimentos acerca do conceito de milagre, distintos da conceptualização original.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabel Drumond Braga, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Doutora em História Económica e Social pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Docente da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Referências

Referências

Fontes Impressas
BLUTEAU, Rafael. Vocabulario portuguez e latino. v. 5 e 8, Lisboa: Oficina de Pascoal da Silva, 1716 e 1721.

Estórias de dor, esperança e festa: ex-votos baianos (séculos XVIII-XX). Salvador: Museu de Arte da Bahia, 1999.

Estórias de dor, esperança e festa: o Brasil em ex-votos portugueses (séculos XVII-XIX): guião. [s.l.]: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1998.

Milagre que fez. Coimbra: Museu Antropológico da Universidade de Coimbra, 1997.
Imagens de fé: ex-votos da diocese de Portalegre-Castelo Branco, [s.l.]: Câmara Municipal de Castelo Branco, 2015.

REMA, Henrique Pinto. Santo António de Lisboa: ex-votos. Lisboa: Quetzal Editora, 2003.


ABREU, Jean Luiz Neves de. Difusão, produção e consumo das imagens visuais: o caso dos ex-votos mineiros do século XVIII. Revista Brasileira de História, São Paulo, n. 49, p. 197-214, 2005.

ARAÚJO, Agostinho. A pintura popular votiva no século XVIII: algumas reflexões a partir da colecção de Matosinhos. Revista de História, Porto, v. 2, p. 27-50, 1979.

ARAÚJO, Maria Marta Lobo de. A Confraria de Nossa Senhora do Porto de Ave: um itinerário sobre a religiosidade popular do Baixo Minho. Taíde – Porto de Ave: Confraria de Nossa Senhora do Porto de Ave, 2006.

BEIRANTE, Maria Ângela. O Livro dos milagres de Nossa Senhora das Virtudes: estudo histórico. Azambuja: Câmara Municipal da Azambuja, 2004.

BRAGA, Isabel Drumond. Para a história do medo no Portugal Quinhentista: peste e religiosidade”. Revista de Ciências Históricas. Porto, v- 8, p. 83-96, 1993.

BURKARDT, Albert. Les clientes des saints: maladi et quête du miracle à travers les procès de canonization de la première moitié du XVIIe siècle en France. Roma: École Française de Rome, 2004.

CAVA, Ralph della. Milagre em Joaseiro. 3.ª ed., São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

FERNANDES, Cristina Célia. O livro dos milagres de Nossa Senhora da Oliveira da Real Colegiada de Guimarães (apógrafo de 1351). Porto: Opera Omnia, 2006.

GRILO, Maria Ludovina. A Ermida de Nossa Senhora do Carmo – Azurara e os seus retábulos gratulatórios. A Cidade de Évora, Évora II série, n. 2, p. 141-209, 1997.

GUIMARÃES, João Gonçalves. São Gonçalo de Lagos: hagiografia, culto e memória (séculos XVI-XVIII). Torres Vedras: Câmara Municipal de Torres Vedras, 2004.

HOLMES, Megan. Ex-votos: materiality, memory and cult. In COLE, Michael W., ZORACH, Rebeca. The Idol in the age of art: objetcts devotions and the Early Modern World. Ashgate: 2009.

MENDES, Isabel Maria Ribeiro. O mosteiro de Guadalupe e Portugal (séculos XIV-XVIII): contribuição para o estudo da religiosidade peninsular. Lisboa: Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, 1994.

NOTERMANS, Catrien, JANSEN, Willy. Ex-votos in Lourdes: contested materiality of miraculous healing. Material Religion. [s.l.] v. 7, n. 2, p. 168-193, 2015.

OLES, James. The Virgin doesn’t care why yiu fall. Cabinet, Brooklin, n. 54, p. 87-90, 2014.

OLIVEIRA, Ricardo Pessa de. Nossa Senhora das Virtudes: culto mariano e religiosidade popular (Vila Cã, séculos XVI-XIX). [s.l.]: Fábrica da Igreja de Vila Cã, 2019.
RODRIGUES, Maria da Graça, NAITO, Ricardo. A herança dos milagres – arte, património e cultura: os ex-votos no santuário de Nossa Senhora de Balsamão. [s.d.]. Em linha: http://www.terrasquentes.pt/wp-content/uploads/2018/01/Caderno-4-ATQ-Artigo-TQ-Gra%C3%A7a-e-Naito.pdf. Acesso em 09-01-2020.

SHAW, Jane. Miracles in the Enlightenment England. New Haven, Londres: Yale University Press, 2006.

SIGAL, André-Pierre. L’homme et le miracle dans la France médiévale (XIe-XIIe siècles. Paris: Cerf, 1985.

SOALHEIRO, João. Ex-voto. In AZEVEDO, Carlos Moreira de. Dicionário de História Religiosa de Portugal, v. C-J, Lisboa: Círculo de Leitores, 2000.

VAUCHEZ, André. Saints, profetes et visionnaires: le pouvoir surnaturel au Myen Âge. Paris: Albin Michel, 1999.

WARD, Benedicta. Miracles and the Medieval mind: theory, record and event 1000-1215. [s.l]: Wildwood, 1987.

WIŚLICZ, Tomaz. Ex-votos in the world of objets of polish peasants in the Early Modern times. Acta Poloniae Historica. [s. l.], n. 102, p. 175-181, 2010.
Publicado
2020-02-29
Visualizações
  • Artigo 47
  • PDF 70
Como Citar
Braga, I. (2020). Religiosidade, cultura material e arte: para o estudo dos ex-votos portugueses da Época Moderna ao presente. Escritas Do Tempo, 1(3), 79-96. Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/escritasdotempo/article/view/1182