Um olhar sobre o ensino de História nos museus de ciência

Palavras-chave: Ensino de História; Museus; Museus de ciência; Educação.

Resumo

A partir das variadas definições de museus e de seus potenciais educativos, pretendemos analisar nesse estudo, em consonância com a Declaração do Rio de Janeiro e outros decretos/leis, os museus de ciência como divulgadores da cultura científica, e suas relações entre ciência, tecnologia, sociedade e História, explorando as possibilidades de integração com o Ensino de História.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Déborah Roberta Santiago Chaves Vilela, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Mestre em História pelo Programa de Pós-graduação em História Social e da Cultura Regional da UFRPE. Especialista em Ensino de História do Brasil pela FAINTVISA. Graduada em Licenciatura em História pela UFRPE. Dedicada às pesquisas na área de História e Museus, tem desenvolvido trabalhos voltados para questões do Ensino de História e Educação em Museus. Pesquisadora e membro do Laboratório de Estudos e Intervenção em Patrimônio cultural e Memória social (LEPAM). Professora na Educação Básica (Anos Finais) e Superior - Professora colaboradora da Faculdade do Sertão do Pajeú - FASP.
Zenaide Gregório Alves, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Mestre Stricto Sensu em História pelo Programa de Pós-graduação em História Social e da Cultura Regional - PGH - Universidade Federal Rural de Pernambuco. É Graduada em Licenciatura Plena em História pela UFRPE e Pós-graduada Lato Sensu em Educação pela FAFIRE. E Técnico Tradutor e Intérprete de Libras pela ETE Almirante Soares Dutra. Atualmente está vinculada à Secretaria de Turismo do Estado de Pernambuco, como servidora pública temporária.
Rozeane Porto Diniz, Universidade Federal Rural de Pernambuco
Pós-Doutoranda em História pela UFRPE. Doutora em Literatura e Interculturalidade pela UEPB. Mestra em História pela UFPB e em Literatura e Interculturalidade pela UEPB. Graduada em História pela UEPB. Graduada em Letras Língua Portuguesa pela UFPB. Dedicada à pesquisas na área de História e Literatura, tem desenvolvido trabalhos com discussões voltadas para a história das mulheres e dos negros em Olivedos-PB (Farol de Joana Preta, Baile dos Mateus e produção cordelística de Manoel Limão), às discussões de gênero, sexualidade, patrimônio, memória, literatura de cordel dentro do contexto dos estudos culturais.

Referências

ABUD, Kátia Maria. Ensino de História. São Paulo, Cengagem: Learning, 2010, - Coleção ideias em ação. Cáp. 8 Espaço da História: Ensino e Museus.
ÁLVAREZ Valente, MARIA Esther; ROSEMBERG Handfas, Ethel. O patrimônio cultural científico e tecnológico brasileiro e a importância de políticas públicas para sua preservação. Revista Ciências Estratégicas, vol. 20, núm. 28, julio-diciembre, 2012, pp. 271-284 Universidad Pontificia Bolivariana Medellín, Colombia. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=151326917005.
AMADO, João. (Org.) Manual de investigação qualitativa em educação. 3ª edição. Imprensa da Universidade de Coimbra, Junho 2017.
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais + (PCN+) – Parte IV - Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: MEC, 2002.
_________. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Brasília: MEC – Secretaria de Educação Fundamental (SEF), 1997.
CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. Artes de fazer. 2 ed. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis: Vozes, 1996.
CHARTIER, Roger. A história cultural: Entre práticas e representações. 2ª edição. DIFEL, Janeiro 2002.
CURY, Marília Xavier, Estudos sobre centros e museus de ciências: subsídios para uma política de apoio, São Paulo. 2000.
FONSECA, Selva Guimarães. Didática e Prática de Ensino de História: experiências, reflexões e aprendizados. Campinas, Papirus, 2003.
GUIMARÃES, Emanuel. 2013. O Museu como Fator de Desenvolvimento Regional: O Impacto Econômico do Museu. Ensaios e Práticas em Museologia. Porto, Universidade do Porto, Faculdade de Letras, DCTP, 2013, vol. 3, p. 40-53.
HARTOG, François. Tempo e patrimônio. Varia História, 22. (2006).
Legislação sobre museus [recurso eletrônico]. – Brasília : Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2012. p. 89-98 (Série legislação ; n. 79).
MARANDINO, M. A pesquisa educacional e a produção de saberes nos museus de ciência. Hist. ciências-saúde-Manguinhos v.12 supl.0 Rio de Janeiro. 2005.
__________. Controvérsias em Museus de Ciências: Reflexões e propostas para educadores. et al. São Paulo: FEUSP, 2016.
MASSABKI, Paulo H. B. Centros e museus de ciência e tecnologia. 2011. 274f. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.

MASSARANI, Luisa. MERZAGORA, Matteo. RODARI, Paola (org.), Diálogos & ciência: mediação em museus e centros de Ciência. Rio de Janeiro: Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 2007.
MASSARANI, Luisa. NEVES, Rosicler. AMORIM, Luís (org.). Divulgação científica e museus de ciências: O olhar do visitante – Memórias do evento. Rio de Janeiro: Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, 2016.
MCMANUS, Paulette. Educação em museus: pesquisas e prática / Paulette McManus; organizadoras Martha Marandino e Luciana Monaco. São Paulo: FEUSP, 2013. 97 p.
MENESES, Ulpiano T. Bezerra. Do teatro da memória ao laboratório da História: A exposição museológica e o conhecimento histórico. Anais do Museu Paulista. São Paulo. N. Ser. v.2 p.9-42 jan./dez. 1994.
PACHECO, Ricardo de Aguiar. Ensino Escolar de História como Alfabetização Humanística. Ágora, Santa Cruz do Sul, v. 15, n. 2, p. 116 a 123, jul./dez. 2009. Disponível em: http://online.unisc.br/seer/index.php/agora/article/viewFile/1850/1356. Acesso em: 11/11/2017.
_________. O patrimônio histórico: Objeto de pesquisa do historiador. História Unicap, v. 4, nº 7, Jan./Jun. 2017.
Publicado
2020-12-17
Visualizações
  • Artigo 31
  • PDF 30
Como Citar
Vilela, D. R. S., Alves, Z., & Diniz, R. (2020). Um olhar sobre o ensino de História nos museus de ciência. Escritas Do Tempo, 2(6), 149-166. https://doi.org/10.47694/issn.2674-7758.v2.i6.2020.149166
Seção
v.2 n.6 (2020) Dossiê História: ensino, livro didático e formação de professores