Trajetórias de um clássico: autorias, edições e leituras do Pavão Misterioso

Palavras-chave: Cordel Literatura. Movência. Práticas. Representações. Usos Diferenciados.

Resumo

O presente trabalho percorre no tempo O romance do pavão misterioso, discutindo-o sob o ponto de vista da forma literária, autoria, materialidade e usos diferenciados. O que se quer é compreender como são produzidos os sentidos sobre o poema supracitado quando materializado em formatos e edições diversas. Objetiva, pois, refletir sobre as transformações dos aspectos enumerados tendo em vista a movência de significados que lhe são dados a cada tempo. Para tanto utiliza-se do cabedal teórica da história do livro e da leitura, segundo Roger Chartier, e da ideia de movência, conforme a pensou Paul Zunthor. O tipo de análise que propomos – que associa história e literatura, contexto e texto – reflete o cordel literatura em um circuito aberto e complexo. Neste sentido ele se move através de práticas, representações e apropriações variadas que lhe dão significado em contextos distintos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Helonis Borges Brandão, SEDUC-CE
Possui graduação em História pela Universidade Estadual do Ceará (1994), mestrado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000) e doutorado em História Social pela Universidade Federal Fluminense (2020). É professor de História na Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC, atividade que exerce no Centro de Documentação e Informação Educacional (CDIE) e onde é um dos editores da Revista DoCEntes.

Referências

A ARTE e o folclore em selo. História de JÔ Oliveira. Disponível em: . Acesso em: 06 mai. 2021.
Acervo José Paulo Ribeiro. Cópia do recibo de compra de autoria de folhetos de José Camelo de Melo Rezende por Joaquim Batista de Sena. Cartório José Floripes Miranda e Sá – 2º Tabelião e Oficial de Registros de Títulos e Documentos, da cidade de Guarabira, na Paraíba. 22/05/1954.
Acervo José Paulo Ribeiro. Cópia da autorização de publicação da obra intitulada “O pavão misterioso” pelo proprietário legal Joaquim Batista de Sena à Editora Prelúdio. 11º Tabelião e Oficial de Registros de Títulos e Documentos da cidade da Guanabara, no Rio de Janeiro. 12/10/1970.
ADEMAR PAIVA. O pavão misterioso. Direção musical: Djalma Coutinho. São Paulo: FERMATA, 1983. disco sonoro, 33 1/3rpm, estéreo, 12 pol. – Acervo José Paulo Ribeiro.
ALBUQUERQUE, Maria Elizabeth Baltar Carneiro; et. al. Na memória da tradição: fontes de informação em literatura de cordel. Campina Grande: EDUEPB; João Pessoa: Editora da UFPB, 2016.
ALMEIDA Átila; SOBRINHO, José Alves. Dicionário Biobibliográfico de Repentistas e Poetas de Bancada. Campina Grande: Centro de Ciências e Tecnologia; João Pessoa: Editora Universitária, 1978.
______. Romanceiro Popular Nordestino. Marcos e Vantagens. Campina Grande: UFPB; URNE, 1981.
ARAÚJO, Alceu Maynard. Literatura de cordel. In: Vida Rotária, São Paulo, n.65, Ano VII, out. 1955.
AZEVEDO, Carlos Alberto. O heroico e o messiânico na literatura de cordel: ensaio de sociologia da literatura. Recife: Edicordel, 1972.
BARROSO, Gustavo. Terra de sol. Natureza e costumes do Norte. Rio de Janeiro: Benjamin de Aguila, 1912.
______. Ao som da viola. Rio de Janeiro: Livraria Editora Leite Ribeiro, 1921.
BATISTA, Francisco das Chagas. Cantadores e poetas populares. Parahyba: F. C. Baptista Irmão, 1929.
BIDERMAN, Sol. Messianismo e escatologia na literatura de cordel. 1970. Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras, São Paulo, 1970.
BRANDÃO, Antonio Helonis Borges. Apropriações instituídas e a subversão do popular: usos, formatos e poética do cordel literatura. 2020. 411 f. Tese (Doutorado em História Social). Instituto de História, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2020.
CAMELO, José. A afilhada do padre Cícero. [S. l.]: s. ed., [s.d.]. 16 p.
______. A corrução é assim. Olinda: Casa das Crianças de Olinda, s.d. 8 p.
______. A india fidalga. [S. l.]: João José Silva, [19- ]. 40 p.
______. A neta de Cancão de Fogo. [S. l.]: s. ed., s.d. 32 p.
______. A peleja de Chica Paculú com o cego Victurino. Guarabira: Liv. e Tip. Lima, [19- ]. 16 p.
CAMELO, José. A verdadeira história de Joãozinho e Mariquinha. [S. l.]: Sebastião José do Nascimento, s.d. 32 p.
______. As grandes aventuras de Armando e Rosa conhecidos por "Côco Verde" e "Melancia". Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1964. 32 p.
______. Entre o amor e a espada. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1960. 32 p.
______. Entre o amor e a espada. Recife: João Martins de Athayde, 1948. 32 p.
______. Estória de Aprígio Coutinho e Neusa. Juazeiro do Norte: Manoel Caboclo e Silva, 1975. 40 p.
______. História da princêsa Adalgisa e o pintor Haroldo de Vilanaz. Fortaleza: Joaquim Batista de Sena, [19--?]. 32 p.
______. História de Pedrinho e Julinha. Juazeiro do Norte: Manoel Caboclo e Silva, 1974. 32 p.
______. História de três cavalos encantados e três irmãos camponeses. São Paulo: Luzeiro, 1979. 29 p. (Col. Luzeiro. Lit. de Cordel).
______. História do bom pai e o mau filho. Recife: João José da Silva, s.d. 24 p.
______. História do Conde Gaston Marcel e a Duqueza Estelita. [S. l.]: Manoel T. Barauna, s.d. 32 p.
______. História do poeta Ramos Patrício e Zulmira Feitosa: sofrimentos, amor e aventura. Guarabira: Tip. Pontes, 1979. 32 p.
______. História do poeta Ramos Patrício e Zulmira Feitosa. [S. l.]: Sebastião José do Nascimento, [s.d.]. 32 p.
______. O índio Leão. Campina Grande: A Estrella da Poesia, 1958. 40 p.
______. O valor da mulher. Juazeiro do Norte: João Martins de Athayde: José Bernardo da Silva, 1952. 16 p.
______. Os martírios de Lelena. Recife: Editora Luzeiro do Norte, [s.d.]. 40 p.
______. O pavão misterioso. Recife: [s.n.], [19- ]. 32 p.
______. O pavão misterioso. [S. l.]: Ed. Proprietário Joaquim Batista de Sena, [19- ]. 40 p.
______. O pavão misterioso em quadrinhos. São Paulo: Prelúdio, s.d. 38 p.
______. O pavão misterioso. São Paulo: Luzeiro, 1976. 31 p. (Coleção Luzeiro).
CAMELO, José. O pavão misterioso. São Paulo: Luzeiro, 1980. 32 p.
______. O pavão misterioso – cordel em quadrinhos. São Paulo: Luzeiro; Fortaleza: Tupynanquim, 2010. 32 p.
______. Pedrinho e Julinha. Juazeiro do Norte (CE, BR): José Bernardo da Silva, 1959. 32 p.
______. Pedrinho e Julinha. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Literatura de Cordel, 2005. Coleção Cordéis Raríssimos.
CANTEL, Raymond. Temas da atualidade na literatura de cordel. São Paulo: USP\ECA, 1972.
CARVALHO, Rodrigues de. Cancioneiro do Norte. Fortaleza: Tipografia Minerva, 1903.
CASCUDO, Luís da Câmara. Literatura oral no Brasil. Rio de janeiro: José Olympio, 1952.
______. Cinco livros do povo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1953.
CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990.
______. Leitura e Cultura Escrita: permanência das obras, mobilidade dos textos, pluralidade das leituras. In: CHARTIER, Roger; RODRIGUES, José Damião; MAGALHÃES, Justino (orgs.). Escritas e cultura na Europa e no Atlântico modernos. Lisboa: Centro de História da Universidade de Lisboa; Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, 2020
ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021. Disponível em: . Acesso em: 26 de mai. 2021.
Elias da Paz. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2021.
HISTÓRIA do pavão misterioso. Creuza e Evangelista. Juazeiro do Norte: Tipografia São Francisco, 1949.32 p. – Acervo José Paulo Ribeiro.
INSTITUTO do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Disponível em: . Acesso em: 23 jun. 2021.
LUCENA, Bruna Paiva de. Espaços em disputa: o cordel e o campo literário brasileiro. 2010. 88 f. Dissertação (Mestrado) – Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

LUCIANO, Aderaldo. História crítica do cordel brasileiro. Rio de Janeiro: Edições Adaga; São Paulo: Luzeiro, 2012.
MELO, Rosilene Alves de. Arcanos do verso: trajetória da literatura de cordel. Rio de Janeiro: 7Letras, 2010.
MOTA, Leonardo. Cantadores. Rio de Janeiro: Livraria Castilho, 1921.
______. Violeiros do Norte. São Paulo: Editora Monteiro Lobato, 1925.
O PAVÃO misterioso. São Paulo: Ed. Graf. Souza, 1959. 32 p.
O PAVÃO misterioso. São Paulo: Ed. Graf. Souza, [s. d.] 32 p.
O PAVÃO misterioso. Campina Grande: Manoel Camilo dos Santos, 1960. 32 p.
O PAVÃO misterioso. São Paulo: Prelúdio, [s.d.]. 29p.
O PAVÃO misterioso. São Paulo: Prelúdio, [s.d.]. 32p.
PAZ, Romano Elias da. A convivencia do Joazeiro e a formalidade do padre Cicero. Guarabira: Typ. e Livraria Pedro Baptista, 1923. 16 p.
______. Heroísmo, amor de infância, Paulino e Helena. [S. l.]: [s.n.], [s.d.]. 32 p.
______. Peleja de Romano Elias com Azulão. Guarabira: Tip. Pontes, [s.d.]. 23 p.
PEREIRA, Manuel Apolinário. O filho de Evangelista do pavão misterioso. Recife: João José Silva, [s.d.]. 32 p.
______. O filho de Evangelista do pavão misterioso. São Paulo: Luzeiro, 1980. 32 p.
POETA paraibano é homenageado por escola de samba do Rio. Disponível em: . Acesso em: 30 abr. 2021.
PROENÇA, Manoel Cavalcanti. Ribeira do S. Francisco. Rio de Janeiro: Gráfica Laemmert, 1942.
SANTOS, Idelette Muzart- Fonseca. Memória das Vozes: cantoria, romanceiro & cordel. Salvador: Fundação Cultural do Estado da Bahia, 2006.
SESC homenageia o cordel com exposição Um olhar contemporâneo do Pavão Misterioso. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2021.
SILVA, Gonçalo Ferreira da Silva. Dicionário Brasileiro de Literatura de Cordel. Rio de Janeiro: ABLC, 2005.
SILVA, João Melchiades Ferreira da. Combate de José Colatino com a carranca do Piauí. Campina Grande: Tipografia e Folhetaria Santos, 1955. 16 p.
______. História do pavão misterioso. Juazeiro do Norte: [s.n.], 1990. 32 p. (Biblioteca Nacional do Cordel).
______. O romance do pavão misterioso. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1959. 32 p.
______. O romance do pavão misterioso. Guarabira: Manoel Camilo dos Santos, 1963. 32 p.
______. O romance do pavão misterioso. Guarabira: A Estrella da Poesia, 1963. 32 p
______. O romance do pavão misterioso. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1981. 32 p.
______. O romance do pavão misterioso. [S. l.]: [s.n.], [s.d.]. 16 p.
______. Romance do pavão misterioso. Campina Grande: Ed. Proprietário Manoel Camilo dos Santos: A Estrella da Poesia, 1959. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso: história completa. Juazeiro do Norte: Tip. São Francisco; José Bernardo da Silva, 1961. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso: história completa. Juazeiro do Norte: Tip. São Francisco; José Bernardo da Silva, 1963. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso: história completa. Juazeiro do Norte: Tip. São Francisco; José Bernardo da Silva, 1965. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1973. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso. Ilustrações de Stênio. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1975. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso. Ilustrações de Stênio. Juazeiro do Norte: Filhas de José Bernardo da Silva, [s.d.]. 32 p.
SILVA, João Melchiades Ferreira da. Romance do pavão misterioso. Juazeiro do Norte: Lira Nordestina, 2006. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso: história completa. Juazeiro do Norte: Filhas de José Bernardo da Silva: Lira Nordestina, 1981. 32 p.
______. Romance do pavão misterioso: história completa. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, s.d. 32 p.
______. Romance do Pavão mysterioso: história completa. Juazeiro do Norte: [s.n.], 1978. 32 p.
______. Romance do pavão mysterioso: história completa. Juazeiro do Norte: José Bernardo da Silva, 1981. 32 p.
SOPHIA Biblioteca. Romano Elias da Paz. Disponível em: < http://acervos.casaruibarbosa.gov.br/>. Acesso em: 20 abr. 2021.
TERRA, Ruth Brito Lemos. Memória de lutas: literatura de folhetos do Nordeste (1893 a 1930). São Paulo: Global Editora, 1983.
VIANA, Arievaldo. JOSÉ Camelo de Melo Rezende. Disponível em: . Acesso em 22 abr. 2021.
______. A MAIOR polêmica do cordel. Disponível em: . Acesso em 26 abr. 2021.
ZUNTHOR, Paul. Performance, recepção, leitura. São Paulo: Ubu Editora, 2018.
Publicado
2021-08-27
Visualizações
  • Artigo 78
  • PDF 68
Como Citar
Brandão, A. H. (2021). Trajetórias de um clássico: autorias, edições e leituras do Pavão Misterioso. Escritas Do Tempo, 3(8), 73-98. https://doi.org/10.47694/issn.2674-7758.v3.i8.2021.7398
Seção
v. 3 n. 8 (2021) - Dossiê: História e Literatura: aproximações e diferenças