O cultivo da memória sobre a Guerrilha do Araguaia - Diálogos Interartísticos

Palavras-chave: Memória, Relações interartísticas, Figuratividade, Canção e História

Resumo

O cultivo da memória tem sido, desde sempre, uma prática indispensável para o ser humano, efetivado no intuito de manter fora do esquecimento fatos importantes de sua história e para nela inscrever-se como sujeito social. Nesse sentido, nas artes existe vasta produção que visa a contribuir com esse cultivo e demostrar essa necessidade inerente ao ser de registrar as percepções de seu mundo. Neste artigo, propomos a análise do poema/canção “Serra das andorinhas” (2019), letra de Bertin di Carmelita e música de Charles do Arraia. Nessa obra faz-se uma reflexão sobre um fato histórico: a Guerrilha do Araguaia (1972/1975) sob um ponto de vista local. Por meio da junção de diferentes ramos do saber, desde a perspectiva interartística, convidamos o leitor a pensar sobre a importância do cultivo da memória. Fundamentamos nossas reflexões nos pressupostos de Luiza Silva (2011; 2021), Jaime Hormigos Ruíz (2008), César Figueiredo (2019; 2020), entre outros. Demostramos, pois, que as artes são redutos de resiliência frente ao esquecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristian Javier Lopez, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutor em Estudos Literários pela Universidade de Vigo/Espanha, em cotutela com a Universidade Estadual do Oeste do Paraná/Brasil. Professor colaborador no curso de Música da Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR. Integrante do grupo de pesquisa “Ressignificações do passado na América: processos de leitura, escrita e tradução de gêneros híbridos de história e ficção – vias para a descolonização” (UNIOESTE).

Jacielle da Silva Santos, Universidade Federal do Norte do Tocantins; SEDUC-TO

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino de Língua e Literatura – PPGLLIT na Universidade Federal do Norte do Tocantins – UFNT. Professora da Educação Básica, SEDUC-TO. Membro do Grupo de Estudos do Sentido – GESTO e do “Ressignificações do passado na América: processos de leitura, escrita e tradução de gêneros híbridos de história e ficção - vias para a descolonização” (UNIOESTE).

Referências

BARROS, Diana Luz Pessoa de. Estudos do discurso. In: FIORIN, José Luiz, (org.). Introdução à Linguística II: princípios de análise. 5.ed., 6ª reimpressão. – São Paulo: Contexto, 2021b.
BENVENISTE, Emille. 1989. Problemas de linguística geral I e II. 3° Ed. Campinas: Pontes.
FIGUEIREDO, César Alessandro Sagrillo. Juventude do Araguaia e as memórias da guerrilha: marcas do tempo na geração 68. Juventude.br (centro de estudos e memória da juventude), v. 14, p. 49-54, 2019.
FIGUEIREDO, César Alessandro Sagrillo; GOMES, Irene. Camponeses atingidos pela guerrilha do Araguaia: os limites institucionais da comissão de anistia. Revista Sillogés, v.3. n.1, p. 248-271, 2020.
HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.
HORMIGOS RUÍZ, Jaime. Música y sociedad: análisis sociológico de la cultura musical de la posmodernidad. Madrid: Editorial Fundación SGAE, 2008.
MORAIS, Taís.; SILVA, Eumano. Operação Araguaia: os arquivos secretos da guerrilha. São Paulo: Geração Editorial, 2005.
NAVES, Santuza Cambraia. Canção popular no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2010.
SANTOS, Jacielle da Silva. Memórias de resistência em Pontos de Fuga, de Milton Hatoum. Revista EntreLetras (Araguaína-TO), v. 12, n. 2, p. 84-98, mai./ago. 2021.
SILVA, Luiza Helena Oliveira da. O passado que se faz presença: uma leitura de Meu primeiro picolé, de José Francisco da Silva Concesso. Revista EntreLetras (Araguaína-TO), nº 2 – 2011/I, p. 49-58.
SILVA, Luiza Helena Oliveira da; FIGUEIREDO, César Alessandro Sagrillo; SANTOS, Jacielle da Silva. História e ficção no romance Em despropósito (Mixórdia), do escritor paraense Abílio Pacheco. Fermentum. volumen 31, número 91, mayo-agosto 2021. ISSN 07983069. Editada por el Centro de Investigaciones HUMANIC, Universidad de Los Andes, Mérida-Venezuela. www.saber.ula.ve/fermentum.
Publicado
2022-09-09
Visualizações
  • Artigo 25
  • PDF 36
Como Citar
Lopez, C., & da Silva Santos, J. (2022). O cultivo da memória sobre a Guerrilha do Araguaia - Diálogos Interartísticos. Escritas Do Tempo, 4(11), 63-77. Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/escritasdotempo/article/view/1877