Um herói da Guerrilha pelas lentes de JJ Leandro

Palavras-chave: Guerrilha do Araguaia, literatura de testemunho, semiótica discursiva, memória, resistência

Resumo

Este trabalho analisa contos do escritor JJ Leandro. Nascido no sul do Maranhão, romancista, contista e poeta, JJ Leandro organizou uma sequência de narrativas da memória que tematizam a Guerrilha do Araguaia (1972-1975), priorizando em seus relatos duas figuras icônicas da resistência à ditadura militar, os militantes do PCdoB Osvaldão e Dina. Priorizamos aqui os contos que corroboram o status de mito conferido a Osvaldão por moradores da região do Araguaia. Como autor de literatura de testemunho, JJ Leandro empresta seus ouvidos ao que se contava sobre o herói negro no enfrentamento das forças militares. Como fundamentação teórica, além de estudos do testemunho, o artigo mobiliza categorias da semiótica discursiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiza Helena Oliveira da Silva, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Mestre e doutora em Letras pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Docente e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Linguística e Literatura da Universidade Federal do Norte do Tocantins (PPGLLIT/UFNT). Líder do GESTO – Grupo de Estudos do Sentido – Tocantins. Bolsista CNPq PQ2. E-mail: luiza.to@uft.edu.br

Referências

BERNARDES, C. Xambioá: paz e guerra. Goiânia: AGEPEL; Instituto Brasileiro de Cultura, 2005.
BEZERRA JÚNIOR, J. L. Quase ave. Goiânia: IGL; AGEPEL, 2002.
BEZERRA JÚNIOR, J. L. Osvaldão – Parte II. In: RAMOS JUNIOR, D. V.; SILVA, L. H. O. (Org.). Contos da guerra do Araguaia. No prelo, 2022, s/p.
BEZERRA JÚNIOR, J. L. Osvaldão O fim. In: RAMOS JUNIOR, D. V.; SILVA, L. H. O. (Org.). Contos da guerra do Araguaia. No prelo, 2022, s/p.
BEZERRA JÚNIOR, J. L. Uma guerra contra nós. In: RAMOS JUNIOR, D. V.; SILVA, L. H. O. (Org.). Contos da guerra do Araguaia. No prelo, 2022, s/p.
CABRAL, P. C. Xambioá: guerrilha no Araguaia, novela baseada em fatos reais. Rio de Janeiro: Record, 1993.
COQUIO, C. L'émergence d'une « littérature » de non-écrivains : les témoignages de catastrophes historiques. Revue d'histoire littéraire de la France, v. 103, n. 2, p. 343-363, 2003.
GRAMMONT, G. Palavras cruzadas. Rio de Janeiro: Rocco, 2015.
GAGNEBIN, J. M. Lembrar escrever esquecer. 2 ed. São Paulo: 34, 2009.
GOMES, L. Em Xambioá, Bolsonaro ressalta pauta conservadora, alfineta PT e responsabiliza pandemia e guerra pela alta dos alimentos e do combustível. Portal do Cleber Toledo, 22 mar. 2022. Política. Disponível em: https://clebertoledo.com.br/politica/em-xambioa-bolsonaro-ressalta-pauta-conservadora-alfineta-pt-e-responsabiliza-pandemia-e-guerra-pela-alta-dos-alimentos-e-do-combustivel/ Acesso em 19 jun. 2022.
GORENDER, J. Combate nas trevas. 5. ed. São Paulo: Expressão Popular; Fundação Perseu Abramo, 2014.
GREIMAS, A. J. Maupassant – la sémiotique du texte : exercices pratiques. Paris : Seuil, 1976.
LACOSTE, C. L’invention d’un genre litteraire : temoins de Jean Norton Cru. Texto! v. XII, n. 3, 2007.
LISBOA, A. Azul corvo. Rio de Janeiro: Rocco, 2010.
MORAIES, T.; SILVA, E. Operação Araguaia: os arquivos secretos da guerrilha. São Paulo: Geração Editorial, 2005.
PARADISO, S. R. O realismo animista e as literaturas africanas: gênese e percursos. Interfaces, v. 11, n. 2, p. 97-112, 2020.
RASTIER, F. Témoignages inadmissibles. Littérature, n. 159, p. 108-129, 2010.
SILVA, L. H. O.; FIGUEIREDO, C. A. S.; SANTOS, J. S. História e ficção no romance Em despropósito (Mixórdia), do escritor paraense Abílio Pachêco. Revista Fermentum, v. 31, n. 91, p. 457-480, 2021.
SILVA, L. H. O. Ecos de la dictadura en las memorias de Angelo Bruno. Escritas: Revista do Curso de História (Araguaína), v. 12, n. 2, p. 230-256, 2020.
SILVA, L. H. O. Histórias de vacinas, em José Francisco Concesso: reflexões semióticas em torno da literatura no Tocantins. Revista São Luís Orione, Araguaína, v. 1, n. 15, p. 1-12, 2020.
SILVA, L. H. O. Narrativas do tempo da noite: a literatura de testemunho em Pedro Tierra. Organon, Porto Alegre, v. 35, n. 70, p. 1-20, 2020.
SILVA, L. H. O. Memórias da guerrilha: acontecimento e história. In: MENDES, C. M.; LARA, G. M. P. (Orgs.). Em torno do acontecimento: uma homenagem a Claude Zilberberg. Curitiba: Appris, 2016, p. 141-162.
TIERRA, P. Pesadelo: narrativas dos anos de chumbo. São Paulo: Autonomia Literária; Fundação Perseu Abramo, 2019.
TIERRA, P. Poemas do povo da noite. 2. ed. São Paulo: Fundação Perseu Abramo; Publisher, 2009.
VENÂNCIO, S. O. C. A religião dos encantados como mediadores culturais no norte do Tocantins. 2019. 251 f. Tese (Doutorado em Antropologia Social) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, 2019.
ZILBERBERG, C. Elementos de semiótica tensiva. Trad. Ivã Carlos Lopes, Luiz Tatit, Waldir Beividas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2011.
Publicado
2022-09-09
Visualizações
  • Artigo 23
  • PDF 29
Como Citar
Silva, L. (2022). Um herói da Guerrilha pelas lentes de JJ Leandro. Escritas Do Tempo, 4(11), 45-62. Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/escritasdotempo/article/view/1882