Identidades em Santa Catarina - A negação do outro e a celebração da especificidade

  • Maristela Santos Simão Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
  • Angelo R. Biléssimo Universidade de Lisboa

Resumo

O presente artigo tem por objetivo discutir processos de construção de identidades no Estado de Santa Catarina, no Brasil. Apresenta e discute alguns marcos históricos, em um esforço de cronologia que busca aprofundar a compreensão dos modos pelos quais o campo da cultura é utilizado no estado, muitas vezes, em uma estratégia de segregação, não só com o objetivo de definir quem faz parte mas também, muito especialmente, quem deve ser excluído. Propõe-se, ao mesmo tempo, avançar na discussão de alguns conceitos que permeiam o debate, tendo como horizonte um esforço de superação das desigualdades e de valorização da diversidade de origens das populações catarinenses.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-06-30
Visualizações
  • Artigo 195
  • PDF 147
Como Citar
Simão, M., & Biléssimo, A. (2019). Identidades em Santa Catarina - A negação do outro e a celebração da especificidade. Escritas Do Tempo, 1(1), 30-48. Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/escritasdotempo/article/view/407