O ensino de História no Brasil e seus pesquisadores: breves notas sobre uma herança de tensões e proposições

Palavras-chave: Ensino de História, Historiografia, História do Ensino de História

Resumo

Neste estudo, faz-se uma revisão dos percursos do Ensino de História como campo e objeto de estudo, buscando construir uma reflexão sobre as heranças legadas por essa trajetória aos pesquisadores e às propostas atuais do campo. Para tal intento, percorre-se um caminho que parte da história do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) e do Colégio Pedro II, passa pela inauguração da temática do Ensino de História como objeto de reflexão teórica e culmina em uma breve síntese das presentes frentes investigativas que compõem o campo de pesquisa do Ensino de História no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Mistura, Universidade de Passo Fundo
Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (UPF). Graduada em História (Licenciatura Plena) pela Universidade de Passo Fundo (UPF - Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil, 2015). Foi bolsista PIBIC/UPF, atuando em projeto intitulado Historiografia, Ensino e Aprendizagem histórica, vinculado à Faculdade de Educação (FAED/UPF). É membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação (GESPE) e do Grupo Oficinas de História (Rio de Janeiro). 
Flávia Eloisa Caimi, Universidade de Passo Fundo
Possui graduação em História pela Universidade de Passo Fundo (1986), especialização em Supervisão Escolar (1990) e em História Regional (1997) pela Universidade de Passo Fundo, mestrado em Educação pela Universidade de Passo Fundo (1999), doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Realizou estágio pós-doutoral na Flacso/Argentina, com auxílio CAPES (2014). É professora titular da Universidade de Passo Fundo, atuando nos Curso de História e Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação, com experiência nas áreas de História e Educação, especialmente nos seguintes temas: ensino de história, aprendizagem, formação de professores, saberes escolares. Desenvolve os projetos de pesquisa intitulados (1) Ensino de História, Aprendizagem e Formação Docente, (2) Aprender e ensinar na contemporaneidade: desafios da/na escola e (3) Interações discursivas em sala de aula: a produção do conhecimento escolar no cotidiano de escolas de Ensino Fundamental. Tem experiência na avaliação institucional de livros didáticos de História, pelo Programa Nacional do Livro Didático. É líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação-Gespe, membro do Grupo Oficinas de História (Rio de Janeiro) e integrante do Projeto Residente: Jovens (Universidade Estadual de Ponta Grossa). 

Referências

ABUD, Katia Maria. Formação da Alma e do Caráter Nacional: Ensino de História na Era Vargas. Revista Brasileira de História, vol.18, n.36, p.103-114, 1998. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01881998000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em 10/06/2020.

BANDECCHI, Brasil. História do Brasil. 3. ed. revista. São Paulo: Editôra Didática Irradiante, 1971.

CAIMI, Flávia Eloisa. Tendências e perspectivas do ensino da história: um estudo historiográfico sobre a produção acadêmica e escolar (1980-1998). Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 1999a.

________. O livro didático: algumas questões. In: DIEHL, Astor Antônio. (Org.) O livro didático e o currículo de história em transição. Passo Fundo: Ediupf, 1999b. p. 23-109.

________. Conversas e controvérsias: o ensino de história no Brasil (1980-1998). Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2001.

________. Novas conversas e antigas controvérsias: um olhar sobre a historiografia do ensino de história. In: OLIVEIRA; Margarida Maria Dias; CAINELLI, Marlene Rosa; OLIVEIRA, Almir Félix Batista de. (Org.). Ensino de História: múltiplos ensinos em múltiplos espaços. Natal/RN: Editora da UFRN, 2008. p. 127-135.

________; MISTURA, Letícia. Investigar em Ensino de História: entre fronteiras e limites epistemológicos. In: MONTEIRO, Ana Maria Monteiro; RALEJO, Adriana. (Orgs.). Cartografias da Pesquisa em Ensino de História. 1.ed. Rio de Janeiro: Mauad, v. 1, p. 187-198, 2019.

CAINELLI, Marlene; SCHMIDT, Maria Auxiliadora (Orgs.). Educação Histórica: teoria e pesquisa. Ijuí: Editora Unijuí, 2011.

CARRETERO, Mario. Documentos de identidade: a construção da memória histórica em um mundo globalizado. Porto Alegre: Artmed, 2010.

CERRI, Luis Fernando. Didática da história: uma geografia do saber histórico nas sociedades. In: NETO; José Miguel Arias. (Org.). Dez Anos de Pesquisas em ensino de História: VI Encontro Nacional de Pesquisadores de Ensino de História. 1.ed. Londrina, PR: Atrito Art Editorial, v. 1, p. 136-144, 2005.

CHARTIER, Roger. A mão do autor e a mente do editor. São Paulo: Editora Unesp, 2014.

COSTA, Aryana Lima; OLIVEIRA, Margarida Maria Dias de. O ensino de história como objeto de pesquisa no Brasil: no aniversário de 50 anos da área de pesquisa, notícias do que virá. Sæculum: Revista de História, João Pessoa, v. 16, p. 147-160, jan./jun. 2007. Disponível em: <>. Acesso em: 10/06/2020.

DIEHL, Astor Antônio. A cultura historiográfica brasileira: do IHGB aos anos 1930. Passo Fundo: EDIUPF, 1998.

DORIA, Escragnolle. Memória histórica do Colégio de Pedro Segundo (1837-1937). 2.ed. Brasília: INEP, 1997

EVANGELISTA, Olinda; TRICHES, Jocemara. Ensino de História, Didática de História, Educação Histórica: alguns dados de pesquisa (2000-2005). Educar em Revista, n. Especial, p. 33-55, Curitiba: 2006. Disponível em: < https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/11378/6492>. Acesso em: 10/06/2020.

FONSECA, Selva Guimarães. Ensino de História: diversificação de abordagens. Revista Brasileira de História, v. 9, n. 19, p. 197-209. São Paulo, set. 1989/fev. 1990. Disponível em: <https://www.anpuh.org/arquivo/download?ID_ARQUIVO=3885>. Acesso em: 10/06/2020.

FONSECA, Thaís Nívia de Lima e. História & ensino de História. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

FREITAS, Itamar. A pedagogia da história de Jonathas Serrano para o ensino secundário brasileiro (1913-1935). Tese (Doutorado em Educação). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP, 2006. Disponível em: < https://tede2.pucsp.br/bitstream/handle/10556/1/Itamar%20Freitas.pdf>. Acesso em: 10/06/2020.

GARCIA, Rozendo Sampaio; CARONE, Maxim T. História do Brasil: primeiro volume: destinado à 3ª série do curso ginasial. São Paulo: Editôra do Brasil, 1946.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

HOLLANDA, Guy de. Um quarto de século de programas e compêndios de História para o ensino secundário brasileiro (1931-1956). Rio de Janeiro: Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos, 1957.

LAVILLE, Christian. A guerra das narrativas: debates e ilusões em torno do ensino de História. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 19, n. 38, p. 125-138, 1999. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01881999000200006>. Acesso em: 10/06/2020.

LOBO, R. Haddock. História do Brasil. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1967.

LUNA, Sérgio Vasconcelos. Planejamento de pesquisa: uma introdução: elementos para uma análise metodológica. 2. ed. São Paulo: Ed. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2009.

MENDES, Murilo. A história no curso secundário: monografia para o concurso da cadeira de Metodologia do Ensino Secundário do Instituto de Educação da Universidade de São Paulo. São Paulo: Gráfica Paulista/João Bentivegna, 1935.

MONTEIRO, Ana Maria. Ensino de história: entre história e memória. In: Silva, Gilvan Ventura, Regina Helena Silva e Simões, Sebastião Pimentel Franco (Org.). História e Educação: territórios em convergência. Vitória (ES): GM/PPGHIS/UFES, 2007.

________; PENNA, Fernando de Araujo. Ensino de História: saberes em lugar de fronteira. Educação & Realidade, v. 36 n. 1, p. 191-211, jan./abr. 2011. Disponível em: < https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/15080>. Acesso em: 10/06/2020.

NADAI, Elza. O ensino de História no Brasil: trajetória e perspectiva. Revista Brasileira de História, v. 13, n. 25/26, p. 143-162. São Paulo, set. 1992/ago. 1993. Disponível em: < https://www.anpuh.org/arquivo/download?ID_ARQUIVO=30596>. Acesso em: 10/06/2020.

PROST, Antoine. Doze lições sobre a história. 2. ed. 3. reimp. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

RIBEIRO, João. História do Brasil: curso superior: segundo os programmas do Collegio Pedro II. 13. ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1935.

SERRANO, Jonathas. Como se ensina a história. São Paulo: Melhoramentos, 1935.

SILVA, Marcos Antônio; FONSECA, Selva Guimarães. Ensino de História hoje: errâncias, conquistas e perdas. Revista Brasileira de História, v. 31, n. 60, p. 13-33, São Paulo, 2010. Disponível em: < https://www.scielo.br/pdf/rbh/v30n60/a02v3060.pdf>. Acesso em: 10/06/2020.

TAPAJÓS, Vicente. História do Brasil. 6. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1954.

WEHLING, Arno. A invenção da história: estudos sobre o historicismo. 2.ed. Rio de Janeiro: Gama Filho, 2001.

ZAMBONI, Ernesta. Caminhos percorridos e outros... a descobrir e a percorrer. História & Ensino, Londrina, v. 15, p. 39-50, ago. 2009. Disponível em: < http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/histensino/article/view/11427>. Acesso em: 10/06/2020.

________. Panorama das pesquisas no ensino de História. Sæculum: Revista de História, n. 6/7, p.105-117, jan./dez. 2000-2001. Disponível em: < https://moodle.ufsc.br/pluginfile.php/834355/mod_resource/content/1/Zamboni%20-%20Saeculum.pdf>. Acesso em: 10/06/2020.

Publicado
2020-10-19
Visualizações
  • Artigo 46
  • PDF 37
Como Citar
Mistura, L., & Caimi, F. (2020). O ensino de História no Brasil e seus pesquisadores: breves notas sobre uma herança de tensões e proposições. Escritas Do Tempo, 2(5), 92-116. https://doi.org/10.47694/issn.2674-7758.v2.i5.2020.92116
Seção
v. 2 n. 5 (2020) Dossiê: Ensino de História, livro didático e formação docente