Racismo e Antirracismo: uma breve história do Movimento Negro paulista das primeiras décadas do século XX

Palavras-chave: Racismo, antirracismo, movimentos sociais negros, desigualdades raciais

Resumo

Neste artigo, será analisada a formação de um movimento negro paulista do início do século XX. Primeiro, apresentar-se-á as formas de racismo aos quais as populações negras foram submetidas nas primeiras décadas após a abolição da escravatura no Brasil, quando, na ânsia de mantê-las em seus antigos postos de trabalho, discursava-se abertamente que negros/as eram propensos/as à vadiagem. Depois, serão descritas formas de reação de grupos de negras/os visando a superação do racismo e elevação social das populações negras. Por fim, há as justificativas para que ainda sejam usados critérios raciais em algumas organizações e dados sobre a desigualdades raciais no Brasil atual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Willian Robson Soares Lucindo, Secretaria Municipal de Educação de São Paulo

Doutor em História pela Universidade Estadual de Campinas (2020). Atualmente é professor de História da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo

Referências

BARCELOS, Caco. Rota 66: a história da polícia que mata. 12ª ed. Rio de Janeiro: Editora Record, 2011.
BARROS, Surya Aaronovich Pombo de. Negrinhos que por Ahi Andão: a escolarização da população negra em São Paulo (1870 – 1920). Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2005.
CARVALHO, Gilmar Luiz de. A imprensa negra paulista entre 1915 e 1937: características, mudanças e permanências. Dissertação (Mestrado em História), Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2009.
CUTI; LEITE, José Correia. …E disse o velho militante José Correia Leite: depoimentos e artigos. São Paulo: Secretaria Municipal de Cultura, 1992.
DOMINGUES, Petrônio. Uma história não contada: negro, racismo e branqueamento em São Paulo no pós-abolição. São Paulo: Senac, 2004.
DOMINGUES, Petrônio. Movimento Negro Brasileiro: alguns apontamentos históricos”. Revista Tempo, Rio de Janeiro: Eduff, v 12, n. 23, p. 100-122, 2007.
ESCOBAR, Giane Vargas. Clubes Sociais Negros: lugares de memória, resistência negra, patrimônio e potencial. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural), Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2010.
FERRARA, Miriam Nicolau. A imprensa negra paulista (1915-1963). São Paulo: USP, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 1986.
FRANCISCO, Flávio Thales. Um Novo Abolicionismo para a Ascensão na Nação da Mãe Preta: discursos sobre a fraternidade no jornal O Clarim da Alvorada (1924-1932)”. Antíteses, Londrina: PPGHS/UEL, v. 10, n. 19, p.376-396, jan./jun. 2017.
MULLER, Liane Susan. As contas do meu rosário são balas de artilharia: irmandade, jornal e associações negras em Porto Alegre (1889-1920). Dissertação (Mestrado em História), Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 1999.
LONER, Beatriz Ana. Negros: organização e luta em Pelotas. História em Revista, Pelotas: ICH-UFPel, n. 5, p 7-28, 1999.
MONSMA, Karl. A reprodução do racismo: Fazendeiros, negros e imigrantes no oeste paulista, 1880-1914. São Carlos: EdUFSCar, 2016.
PEREIRA, José Galdino. Os negros e a construção da sua cidadania: estudo do Colégio São Benedito e da Federação Paulista dos Homens de Cor de Campinas - 1896 a 1914. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2001.
PINTO, Ana Flávia Magalhães. De Pele escuta e Tinta Preta: a imprensa negra do século XIX. Dissertação (Mestrado em História), Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2006.
PINTO, Regina Pahim. O movimento negro em São Paulo: luta e identidade. Ponta Grossa: Editora UEPG; São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 2013.
TESSARI, Cláudia Alessandra. Tudinhas, Rosinhas e Chiquinhos: o processo de emancipação dos escravos e os libertos no mercado de trabalho: Piracicaba: 1970-1920. Dissertação (Mestrado em Economia), Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2000.
Publicado
2021-12-30
Visualizações
  • Artigo 54
  • PDF 123
Como Citar
Lucindo, W. (2021). Racismo e Antirracismo: uma breve história do Movimento Negro paulista das primeiras décadas do século XX. Escritas Do Tempo, 3(9), 112-132. https://doi.org/10.47694/issn.2674-7758.v3.i9.2021.112132