Guerrilha do Araguaia 50 anos: direito à memória e à verdade - desafios para a pesquisa e o ensino

Palavras-chave: História; Guerrilha do Araguaia; Ditadura civil-militar; Memória.

Resumo

O presente dossiê sobre os 50 anos da Guerrilha do Araguaia (1972-1975), além de buscar trabalhar detidamente sobre o evento da epopeia guerrilheira e os seus desdobramentos no ano de seu quinquagenário, também visa trazer à lume outras questões que tangenciam o tema e procuram fazer o trabalho de denúncia contínua sobre os arbítrios do período da ditadura civil-militar brasileira (1964-1985). Para endosso dessa presente organização compreendemos que toda a produção discursiva que almeje o exercício de revelação do período do torcionário ditatorial são extremamente bem-vindas, pois além de produzir a reverberação dos fatos ainda estabelecem a luta constante pela memória, verdade, reparação e justiça.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ary Albuquerque C. Júnior, Universidade Federal de Mato Grosso

Doutorado em História pela Universidade Federal da Grande Dourados. Docente do Magistério Superior da Universidade Federal de Mato Grosso.

César Alessandro Sagrillo Figueiredo, Universidade Federal do Norte do Tocantins

Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Docente em Ciência Política no Curso de Licenciatura em Ciências Sociais da Universidade Federal do Norte do Tocantins. 

Janailson Macêdo Luiz, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Doutorando em História Social pela Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). Mestrado em História pela Universidade Federal de Campina Grande. Professor do Magistério Superior - História da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

Referências

.
Publicado
2022-09-08
Visualizações
  • Artigo 28
  • PDF 31
Como Citar
C. Júnior, A., Figueiredo, C. A., & Luiz, J. (2022). Guerrilha do Araguaia 50 anos: direito à memória e à verdade - desafios para a pesquisa e o ensino. Escritas Do Tempo, 4(11), 3-7. Recuperado de https://periodicos.unifesspa.edu.br/index.php/escritasdotempo/article/view/1932