Chamada para o Dossiê "Ensino de História, livro didático e formação docente"

2020-02-13
Nas últimas décadas observa-se crescimento e consolidação doo ensino de História (e as questões que lhe são referentes) como objeto de estudo e de debates nos segmentos mais amplos da sociedade. Ampliaram-se sobremaneira as pesquisas que têm como objeto de investigação o ensino de História. Seminários, congressos, encontros, grupos de pesquisa, publicações em periódicos sinalizam esse crescimento, que concorre como força para a conformação do ensino de História como campo de pesquisa. Portanto, como apontam diversas pesquisas, mais do que um objeto de análise, esse conjunto de variáveis mostra a consolidação desse lugar de fronteiras. Trata-se de um campo fronteiriço que se fortalece também pela diversidade temática de seus objetos de investigação. Entre a produção especializada do campo, “ensino de História, livro didático e formação docente” aparecem entre os principais temas abordados. São abordagens que problematizam esses temas a partir de variadas questões. Nessa dimensão, o presente dossiê convida a comunidade de professores/as pesquisadores/as à reflexão e submissão de artigos que discutem Ensino de História, livro didático e formação docente. Nesse sentido, o dossiê deseja contribuir para o adensamento das questões subjacentes ao livro didático e a consequente  socialização de experiências de pesquisa e ensino sob diferentes perspectivas, desde o processo de produção material (envolvendo autores, mercado editorial e estado) e de narrativas, bem como, diferentes possibilidades de apropriação em sala de aula e sua relação com o saber histórico escolar. Por conseguinte, serão bem-vindas as problematizações de pesquisa e ensino que tematizem o livro didático e o ensino de História como espaço de reflexão e debate acerca da formação docente do professor de História. O presente dossiê conta a coordenação dos professores Erinaldo Cavalcanti (Unifesspa) e Helenice Rocha (UERJ).