A biografia deixou de ser um pária no campo do conhecimento histórico acadêmico. Depois de vários anos de desdém pelo gênero, por parte das correntes dominantes da historiografia científica, hoje assistimos a uma proliferação de livros, artigos, teses de doutorado, dissertações de mestrado e trabalhos de conclusão de cursos de graduação na área de História que se voltam para a análise ou a construção de biografias. Obviamente, essa popularização de estudos biográficos aponta para importantes desafios e questionamentos que exigem nossa atenção: o que constitui uma biografia histórica? Que problemas teóricos, metodológicos, historiográficos e éticos as pesquisas biográficas ajudam (ou não) a resolver? Em quais âmbitos a investigação biográfica dá sinais de saturação e quais demandam mais investimentos? Os textos que compõem esse dossiê exemplificam as potencialidades da biografia, constituindo-se em uma excelente amostra do que vem sendo produzido no Brasil e no exterior nessa área. Esse dossiê conta com a organização dos professores Geovanni Gomes Cabral (UNIFESSPA), Benito Bisso Schimdt (UFRGS) e Wilton C.L. Silva (UNESP-ASSIS). Arte da Capa: João Vitor M. Batista (Bolsista da PROPIT - Unifesspa)    
Publicado: 2020-06-30

Editorial

  • Marcus Vinicius Reis; Karla Leandro Rascke, Erinaldo Vicente Cavalcanti, Geovanni Gomes Cabral
    1-2
    Visualizações do Artigo: 13 | PDF downloads: 45

Apresentação de Dossiê Temático

v. 2 n. 4 (2020): Dossiê - Biografias e Trajetórias: vidas por escrito

Artigos

Resenhas

Entrevistas

Expediente